Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

ANECRA atenta aos novos desafios do setor da reparação automóvel

XIIEncontroNRAANECRA_1

As principais associações ligadas ao setor da reparação automóvel voltaram a reunir-se no passado dia 16 de abril, ao abrigo do evento ExpoMecânica, que teve lugar no Auditório da AEP, em Matosinhos, subordinado ao tema ‘As Oficinas do Futuro, Hoje!’, contando com a presença de mais de 200 participantes.

O Encontro Nacional da Reparação Automóvel, que é promovido pela ANECRA desde há 12 anos, iniciou-se com a apresentação do estado do setor, tomando por base os resultados do Inquérito de Conjuntura de 2015, lançado pela Associação junto do universo dos seus associados.

Neste contexto, ressalta a constatação de que a reparação clandestina continua a ser o principal constrangimento com que se confrontam tanto as oficinas de marca, como as oficinas multimarca, o que tem determinado a continuada estratégia definida pela Direção da Associação de procura das soluções consideradas mais adequadas para reverter esta situação.

Também as obrigações ambientais foram debatidas neste encontro, com as associações a estabelecerem uma visão pormenorizada sobre o que é que precisam de saber e fazer para a satisfação e respeito por essas exigências legais e regulamentares. Intervieram nesta acção Marco Candeias, Inspetor-Chefe da IGAMAOT e Vítor Serra Ferreira, Inspetor-Diretor da ASAE, que apresentaram as suas perspetivas no âmbito das competência de inspeção e fiscalização nestas matérias. Do mesmo modo, foi possível levar a cabo um debate mais aprofundado sobre a forma como têm levado a cabo a sua ação em prol do combate à economia paralela na reparação e manutenção automóvel.

A este propósito, foi evidenciado o papel que a ANECRA tem desempenhado na luta contra as oficinas clandestinas, ao nível do combate à concorrência desleal e à evasão fiscal que originam, materializado através da apresentação ao Governo e à Assembleia da Republica de um conjunto de medidas legislativas inseridas no seu “Memorando da ANECRA em Defesa do Setor Automóvel”, de que se destacam, pelo seu caráter preventivo, as Propostas relativas à “Obrigatoriedade de registo do número fiscal de identificação do consumidor, na emissão da fatura/recibo referente à aquisição de peças, acessórios ou consumíveis respeitantes ao automóvel” e “ Exigência de apresentação, na Inspeção Periódica, da factura da revisão dos respetivo veículo, comprovativa do cumprimento do plano de manutenção definido pelo fabricante”.

O novo Presidente da Direção da ANECRA, Alexandre Ferreira, abordou as várias iniciativas em curso na Associação tendentes a gerar mais negócio nas oficinas suas associadas, considerando ser fundamental promover a qualificação das empresas da reparação e manutenção automóvel tendo em vista não só estabelecer a confiança dos clientes na hora da tomada de decisões, como também para assegurar a sua fidelização, promover o espírito de equipa e permitir a adoção e implementação de metodologias adequadas à otimização dos recursos e ao bom funcionamento das empresas.

Certificação será chave

Nesta perspetiva, Alexandre Ferreira, acrescentou que, aumentar a confiança dos clientes, dependerá essencialmente de dois fatores, a certificação das oficinas e dos respetivos colaboradores bem como a permissão e incentivo à partilha da opinião dos clientes. A certificação permitirá à empresa apresentar-se como um prestador de serviços de qualidade, reconhecida perante tudo e todos, devendo tomar na devida conta a mudança verificada no perfil dos clientes, no contexto das novas gerações nascidas na época do digital, em que as escolhas são feitas com base em maiores exigências e melhor informação.

Finalmente, o Presidente da ANECRA evidenciou a existência de dois projetos de referência e inovadores, dos quais a Associação se orgulha, por aquilo que contribuem para o êxito das oficinas suas associadas: o primeiro, o Portal do Automóvel acolhe atualmente mais de mil visitantes diários e permite às empresas tornarem-se visíveis aos clientes que usam a internet como fonte de procura de boas oportunidades de negócio na reparação e manutenção automóvel; o segundo, o Cedirsa, é um projeto de encaminhamento que se encontra numa fase piloto, e que brevemente estará à disposição de todos aqueles que possam e queiram aderir.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
Feitoria vence Melhor Restaurante nos Prémios Mesa Marcada