Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Governo alemão acusa Fiat-Chrysler de não cooperação

A new Fiat Chrysler Automobiles sign is pictured after being unveiled at Chrysler Group World Headquarters in Auburn Hills, Michigan

O ministro dos Transportes alemão, Alexander Dobrindt, acusou a Fiat-Chrysler de não cooperação depois da da construtora italiano-americana não ter aparecido numa reunião para falar sobre as emissões de gases dos seus modelos diesel.

No comunicado divulgado pelo ministro alemão, e citado pela Associated Press, o comportamento da Fiat-Chrysler é visto como “completamente incompreensível”, ainda para mais dado haver dados concretos sobre irregularidades  nalguns dos seus modelos.

O Ministério dos Transportes alemão tinha convidado a Fiat-Chrysler para uma reunião como parte de uma  investigação mais ampla sobre os sistemas de controle das emissões diesel ilegais – no seguimento do caso das emissões da Volkswagen – mas a empresa cancelou o encontro.

Numa carta enviada pelos advogados da Fiat – e divulgada pelo ministro alemão – a construtora alega que os seus modelos são certificadas pelas autoridades italianas e que, por isso, apenas elas têm a competência necessária para proceder a qualquer tipo de investigação.

Entretanto, o ministro italiano dos transportes, Graziano Delrio, já confirmou que o grupo Fiat-Chrysler está a cooperar com as autoridades italianas e deixou um reparo: as autoridades alemãs deveriam ter contactado em primeira mão as autoridades italianas e não a construtora diretamente.

Delrio terá mesmo enviado uma carta a expressar essa ideia ao ministro alemão, segundo o Automotive News.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...