Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Obras na Segunda Circular vão começar “imediatamente”

segunda circular

A garantia é dada pelo vereador do Urbanismo da Câmara de Lisboa, Manuel Salgado: as obras na Segunda Circular, divididas em dois troços, vão “começar imediatamente”. A primeira intervenção deverá ter início na primeira semana de junho e a segunda empreitada, de maior dimensão, deverá iniciar-se em agosto.

“A Segunda Circular tem duas empreitadas diferentes. Tem uma empreitada, cujo contrato é assinado hoje [terça-feira] e que, portanto, é para começar imediatamente, que é o troço entre a Avenida de Berlim e a entrada norte na cidade de Lisboa, na [autoestrada] A1”, afirmou Manuel Salgado em declarações à agência Lusa.

Orçada em 750 mil euros, a intervenção neste troço de cerca de três quilómetros tem um prazo máximo de 90 dias para conclusão. Já as obras de maior dimensão, que terão lugar no troço de cerca de 10 quilómetros entre o nó da Buraca e o Aeroporto, terão um prazo de oito meses e um orçamento de 12 milhões de euros.

Ainda em afirmações à Lusa, Manuel Salgado revelou que o concurso público decorre até ao final deste mês e depois serão avaliadas as propostas para se escolher o vencedor e solicitar visto ao Tribunal de Contas: “Julgo que aí vão ser cerca de dois meses, sendo otimista e, portanto, penso que a segunda empreitada se iniciará em agosto”.

De modo a reduzir o impacto das obras sobre os utilizadores, a autarquia pretende “fazer trabalhos à noite” e de forma faseada, adiantou Manuel Salgado, salientando que “a ideia é começar [a obra] do lado da Buraca até à ligação à Radial de Benfica, que é um dos eixos por onde entram mais pessoas na cidade de Lisboa, simultaneamente começar na Avenida de Berlim até [à rotunda] do Relógio, que é outro dos eixos pelo qual, desde a Avenida Almirante Gago Coutinho, entra muita gente na cidade, e depois ir aproximando para a zona central”.

 

Atualmente existem em Lisboa dezenas de intervenções a decorrer, algumas com atrasos de dois meses.

De entre as 29 ruas em requalificação, destacam-se, pela negativa, a avenida Praia da Vitória (as obras de pavimentação já deviam ter terminado em março) e as avenidas Rovisco e Duque de Ávila (as obras de requalificação tinham fim previsto para abril).

Recorde-se que as obras do programa Pavimentar Lisboa estão orçadas em 25 milhões de euros.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
O Boticário lança perfumes criados com a ajuda de IA