Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Opel Karl FlexFuel: a vantagem do GPL

Opel KARL

Para um condutor que percorra anualmente 25 mil quilómetros, a redução do gasto no posto de abastecimento pode ser superior a 1000 euros ao final de 12 meses. O autogás dá igualmente um contributo em matéria de ambiente, com emissões de CO2 que são inferiores em cerca de 15% por comparação com a gasolina.

O sistema de alimentação a GPL do Karl FlexFuel, incluindo o depósito de gás e o sistema de injeção, é instalado na fábrica. Recorrendo a uma tecla no tabliê, o condutor pode selecionar a alimentação a gás ou a gasolina. A gestão eletrónica, com duas unidades de controlo, garante que a transição entre combustíveis é efetuada de forma eficaz. Os processos de injeção e ignição têm regulações independentes para ambos os tipos de combustível, obtendo-se com isso a maior eficiência possível em consumo de combustível e emissões. É possível alternar entre gás e gasolina, e vice-versa, em qualquer altura, sem alteração percetível de performances. O arranque do motor a frio é efetuado a gasolina. Uma vez estabilizada a temperatura de combustão, normalmente em cerca de um minuto, o motor está apto a funcionar a gás.

O consumo no funcionamento a GPL auto é ligeiramente superior, mas o fator economia prevalece graças ao preço significativamente mais baixo do GPL.

ANTERIOR / PRÓXIMO

 

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...