Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Osamu Suzuki deixa cargo de CEO da Suzuki

Suzuki-Grille-LogoEnvolta também numa polémica relativa aos dados de homologação dos consumos dos seus modelos no Japão, a Suzuki anunciou hoje que o seu presidente Executivo e CEO, Osamu Suzuki, irá abandonar o cargo de CEO, enquanto o vice-presidente executivo Osamu Honda irá reformar-se em mudanças que entrarão em vigor a partir de 29 de junho (sujeito ainda  aprovação por parte da assembleia de acionistas).

A marca referiu hoje em comunicado que aqueles dois elementos abandonam os seus cargos – ainda que Osamu Suzuki, de 86 anos, se mantenha como presidente – em virtude do reconhecimento por parte da Suzuki de ter fornecido dados incorretos da economia dos seus modelos vendidos no mercado doméstico, algo que recentemente também foi reconhecido pela Mitsubishi e que redundou mesmo na sua aquisição por parte da Nissan.

Em maio, a companhia revelou que tinha utilizado dados incorretos para os seus testes de consumos em veículos lançados a partir de 2010, sustentando-se em testes de laboratório com elementos testados isoladamente.

De acordo ainda com dados fornecidos pela Suzuki, não foram escolhidos ainda os substitutos para os cargos em questão, deixando apenas saber que os salários de Osamu Suzuki e do seu filho, Toshihiro Suzuki, que ocupa o cargo de Diretor-Geral da companhia, serão reduzidos a partir de julho, em 40% e 30%, respetivamente, por um período de seis meses. Os diretores vão ainda abdicar dos seus bónus para o ano de 2015, enquanto os executivos superiores vão ter os seus bónus reduzidos a metade.

O caso chegou a público no final de maio quando a Suzuki confirmou a utilização de dados ilegais na homologação de consumos e emissões de 2.1 milhões de veículos vendidos no Japão, garantindo ainda que os modelos vendidos noutros mercados não foram afetados.

Então, Osamu Suzuki revelou aos jornalistas que os seus empregados não o fizeram propositadamente, mas que foram tomadas decisões erradas na medição dos dados de consumos e de emissões, assegurando ainda que os valores não são muito diferentes entre ambos os casos. Aliás, essa pouca diferença levou a que a Suzuki mantivesse as vendas de todos os seus modelos no mercado local.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
O Boticário lança perfumes criados com a ajuda de IA