Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

McLaren promete manter-se afastada dos SUV

Depois da Porsche ter de certo modo ‘abalado’ o mundo automóvel com o lançamento, em 2002, de um SUV – o Cayenne – e que permitiu à marca evitar a bancarrota, a importância desse tipo de modelos não parou de crescer até se tornar quase ‘obrigatório’ nos dias de hoje.

Marcas como a Bentley, Lamborghini, Aston Martin, Maserati e Rolls-Royce deixaram de lado uma certa ideia de estatuto e tradição e também se lançaram nos SUV – o que faz todo o sentido, do ponto de vista financeiro, já que é isso que os clientes querem.

Mas nem todas as marcas afinam pelo mesmo diapasão – como a McLaren que promete manter-se afastada do segmento. Wayne Bruce, diretor de Relações Públicas da construtora britânica, aproveitou a apresentação mundial do 570GT em Tenerife para afastar qualquer tipo de dúvidas.

“Existem três razões para não construirmos um SUV: em primeiro lugar, porque estamos focados nos desportivos e as nossas edições limitadas vendem-se muito bem. Em segundo lugar, a empresa tem tido lucros nos últimos três anos e devemos atingir as cinco mil unidades produzidas no final do ano – e para o ano vamos lançar o 570 Spider. E, finalmente, não porque os nossos clientes não querem nenhum McLaren SUV”, explicou Bruce que concluiu dizendo que o objetivo é manter o “ADN da marca intacto”.

Com esta tomada de posição, a McLaren junta-se à Ferrari no restrito grupo de construtores que recusam enveredar pelo caminho dos SUV.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
Sushi At Home troca embalagens de plástico por cartão