Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercedes-Benz GLC F-Cell chegará às estradas em 2017

A Mercedes-Benz revelou o seu novo GLC movido a célula de combustível de hidrogénio, modelo que tem já data de produção confirmada para o próximo ano.

O novo GLC F-Cell ainda em modo de protótipo foi revelado num evento da marca Alemã em Estugarda em que o foco esteve na apresentação de novas tecnologias, denominado ‘Road to the Future’, algo como ‘Estrada para o Futuro’.

Este será, de acordo com a Mercedes-Benz, o primeiro modelo elétrico a pilha de combustível com autonomia também em modo elétrico graças à inclusão da tecnologia Plug-in e uma bateria de iões de lítio de 9 kWh com autonomia para 48 quilómetros. Ou seja, com a combinação da pilha de combustível a hidrogénio e as baterias elétricas, o GLC F-Cell consegue obter uma autonomia de cerca de 500 quilómetros no ciclo NEDC e tempos de carregamento idênticos aos dos modelos com motores tradicionais.

Antevendo o hidrogénio como um combustível para o futuro, a Daimler uniu-se à Ford para trabalharem conjuntamente numa solução de pilha de combustível que surge montada no espaço habitualmente reservado ao motor a combustão, com tração traseira e dois tanques de armazenamento do hidrogénio colocados sob o piso. Esses tanques têm uma capacidade de 4,3 kg, sendo revestidos a fibra de carbono assim garantindo a segurança. A pressão de armazenamento do hidrogénio nestes tanques é de 700 bar.

O novo GLC F-Cell será lançado essencialmente em mercados com uma rede de abastecimento de hidrogénio já elaborada, como o Japão, Estados Unidos da América (EUA), Alemanha ou Reino Unido.

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...