Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

PSA: Crescimento impulsionado pela região África e Médio Oriente

trimark_b618_p84_ds3__007_paysage_0

O volume de negócios do Grupo PSA no terceiro trimestre de 2016 alcançou os 11.404 milhões de euros, em comparação com os 12.016 milhões de euros registados no terceiro trimestre de 2015. No acumulado dos primeiros nove meses do ano, o volume de negócios é de 39.183 milhões de euros, contra 40.052 milhões de euros obtidos em 2015, um aumento de +1,3% a taxas de câmbio constantes.

O volume de negócios da divisão Automóvel alcançou os 7.542 milhões de euros, comparativamente aos 8.052 milhões de euros do terceiro trimestre de 2015. Os efeitos negativos das taxas de câmbio (-4,7%) são parcialmente compensados pelo impacto positivo em termos de preço (+1,8%), reflexo da política de melhoria de posicionamento do preço das três marcas Peugeot, Citroën e DS.

Já as vendas mundiais cresceram 10,6%2 – na véspera do lançamento de produtos no quarto trimestre, que ainda não são visíveis em termos de matrículas, os volumes de vendas recuaram na Europa (-4.3%) e na China (-16,5%). Na América Latina, registou-se um aumento de 22,6% e na África & Médio Oriente, o aumento dos volumes foi impulsionado pelas vendas de veículos produzidos no Irão sob licença da Peugeot.

No final de setembro de 2016, os stocks ascenderam a um total de 400 mil veículos enquanto no ano anterior o volume não foi além de 382 mil unidades.

“As alavancas do plano ‘Back in the Race’, em especial o pricing power e a redução de custos, permitem-nos estar confiantes na concretização dos objetivos do plano ‘Push to Pass’, apesar do mais difícil contexto externo, nomeadamente nas taxas de câmbio”, afirmou Jean Baptiste de Châtillon, Diretor Financeiro do Grupo PSA e membro da Direção.

Em termos de perspetivas para o mercado, em 2016 o Grupo espera um crescimento do mercado automóvel na ordem dos 6% na Europa e de 15% na China, e um declínio na ordem dos -6% na América Latina e de -15% na Rússia.

Relativamente às perspectivas operacionais, o plano ‘Push to Pass’ fixa como objetivos uma margem operacional média corrente de 4% para a Divisão Automóvel para o período 2016-2018 e um objetivo de 6% em 2021; e um crescimento de 10% do volume de negócios do Grupo entre 2015 e 20184, visando alcançar 15% suplementares até 20214.

Recorde-se que os resultados anuais de 2016 serão anunciados dia 23 de fevereiro de 2017.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...