Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Aston Martin híbrido desenvolvido em parceria com Rerd Bull

A Aston Martin leva a Genebra o novo AM-RB 001 desenvolvido em parceria com a Red Bull Advanced Technologies. Este supercarro contará com um motor V12 atmosférico de 6.5 litros produzido pela Cosworth e um sistema híbrido fornecido pela Rimac e uma caixa de sete velocidades Ricardo com patilhas no volante.

O sistema híbrido será fornecido pela Rimac, uma das empresas de maior renome quando se fala em performance de elétricos. Com uma carroçaria em carbono produzida pela Multimatic, o novo AM-RB 001 irá rondar uma relação peso/potência de 1:1 – o que irá exigir um sistema de travagem mais potente do que se esperava.

Para os sistemas eletrónicos, a Aston Martin e a Red Bull confiaram na Bosch, que irá fornecer sistemas específicos para a centralina, controlo de tração e de estabilidade, entre outros.

Serão produzidas 150 unidades deste AM-RB 001 que deverão chegar ao mercado em 2019, mais 25 unidades concebidas para utilização em pista.

Outro destaque é o Vanquish S Volante, versão descapotável do Vanquish S Coupé com capota elétrica e o poderoso V12 5.9 litros de 600 cv e um binário de 630 Nm. O aumento de potência face ao anterior Vanquish (mais 30 cv) permite ao novo modelo chegar dos 0-100 km/h em 3,5 segundos, menos 0,3 segundos que o anterior.

Os ganhos na potência foram obtidos graças a um novo escape e a um redesenhado coletor de admissão, enquanto que na transmissão, o Vanquish S recebe uma renovada caixa automática de oito velocidades, mais veloz e ajustada ao motor. As suspensões foram ajustadas para tornar o carro mais eficaz em curva.

No capitulo estético, o modelo mantém a linha do modelo anterior, mas há algumas novidades em fibra de carbono, como o difusor traseiro e a lâmina dianteira. Inalterado ficou o interior, que pode ser escolhido entre uma ampla gama de opções de peles e madeiras ou revestimento em carbono.

Lado-a-lado como AM-RB 001 e com Vanquish S, a marca britânica tem em Genebra um DB11 muito especial, resultado do programa de personalização do departamento Q by Aston Martin, que permite aos clientes escolher os materiais e detalhes específicos e exclusivos.

O DB11 exposto no Salão tem uma cor de carroçaria exclusiva Zaffire Blue, também usada nas jantes, nos bancos e em alguns pormenores da decoração interior, a que se juntam o carbono, presente nos retrovisores exteriores, nas entradas de ar laterais e nos logos da marca. No interior, combinam-se o couro, alcântara e carbono. Os apoios de cabeça com logos Q, relembram-nos que estamos perante um modelo superexclusivo.

Outra novidade é o Speedback GT, um modelo de look retro que remete para o Aston Martin DB5 dos anos sessenta, assinado e contruído artesanalmente pelo atelier de David Brown. Inicialmente apresentado em 2014, o Speedback GT reaparece em Genebra revisto em profundidade.

Com 4,76 metros, o Speedback GT é 19 centímetros mais comprido que o DB5 que lhe serviu de inspiração e tem como base o chassis monocoque e a carroçaria em alumínio e muitos outros elementos técnicos do Jaguar XK, modelo a que vai buscar também a decoração interior.

Debaixo do capot, o motor V8 5.0 litros já conhecido do Jaguar XK-R, liberta 510 cv de potência e um impressionante binário de 625 Nm, que garantem a aceleração dos 0-100 km/h em 4,8 segundos e uma velocidade máxima limitada eletronicamente a 250 Km/h.

Pormenor curioso é o banco traseiro rebatido na mala traseira e que permite transporte ocasional para mais dois. Uma ideia que David Brown foi buscar aos elegantes coupés dos anos 30 e 40.

A produção do Speedback GT está limitada a 100 unidades e com um preço em Inglaterra de 495 mil libras, cerca de 700 mil euros. Um preço que se justifica se levarmos em conta que são precisas 8200 horas de trabalho para produzir cada um destes 100 Speedback GT.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
INOV Contacto está na corrida aos prémios europeus EEPA
Marketeer
Gulbenkian vai ao Amoreiras Shopping Center