Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ford Focus terá versão ST com 280 CV

Versão ST do renovado Focus deverá estar equipada com um bloco 1.5 litros turbo com 280 CV

O novo Ford Focus ST poderá ser assim, segundo a revista inglesa Autocar. A versão “normal” não deverá ser muito diferente. Chega em 2018 ao mercado.

O modelo estará à venda no final de 2018 e a Ford continua a não libertar pormenores sobre o modelo que será importante, pois no entender da casa da oval azul, os modelos desportivos serão essenciais na gama Focus para a diferenciar dos rivais. E a verdade é que as versões ST têm tido muito mais sucesso que as Vignale, apontadas aos clientes mais exigentes em termos de luxo.

Assim, a próxima geração do Focus, à venda em 2018 com versões de cinco portas e carrinha, receberá a variante ST imediatamente a seguir ao lançamento das versões “normais”.

O Focus ST deverá manter a mesma filosofia do modelo atual, ou seja, oferecer elevados níveis de performance e comportamento a preços acessíveis, sendo menos radical que os modelos RS. Para maior eficiência, o motor deixará de ser um 2.0 litros, surgindo no seu lugar um moderno 1.5 litros sobrealimentado que será capaz de enfrentar os testes RDE (Real Driving Emissions) e fazer a Ford cumprir a média de emissões de CO2 para toda a gama de 95 gr/km em 2021. Regras que serão introduzidas dois anos depois do lançamento do Focus.

Para o motor 1.5 litros conseguir chegar aos 275/280 CV, os técnicos da Ford Performance vão ter de extrair mais de 160 CV/litro, muito mais do que aquilo que forma capazes de fazer com o motor 2.0 litros do atual Focus ST e mesmo do 2.3 litros do Focus RS. Mas a atual tecnologia permite coisas fenomenais e se olharmos para o bloco 1,5 litros do Fiesta ST que gera 135 CV/litro, talvez não seja uma tarefa assim tão impossível.

Quanto ao novo Focus, por baixo do estilo que não muda consideravelmente, terá uma plataforma profundamente revista, a mesma que será usada no novo Fiesta e que é conhecida como C2. Assim, o Focus terá uma distância entre eixos alongada 50 mm, libertando mais espaço para os passageiros e para a bagageira, sendo que o comprimento total estará próximo dos 4,4 metros. O interior conhecerá novidades no que toca ao estilo, qualidade e materiais.

Sendo lançado só em 2018 pouco tempo antes da entrada em vigor da média de emissões de toda a gama de 95 gr/km de CO2, o Focus terá uma gama de motores que refletirá essa preocupação. Mantendo os mesmos motores da atual gama, todos serão revistos, com destaque para o 1.0 Ecoboost que surgirá com três patamares de potência (100, 125 e 140 CV). Sabe-se que a Ford está a preparar variantes 1.2 e 1.5 litros da gama Ecoboost. No lado diesel, o 1.5 TDCI ficará como o motor principal da gama, com várias melhorias para reduzir, significativamente, os valores de CO2. E nessas melhorias, está incluída a adição de AdBlue, aditivo de ureia que permite “limpar” as emissões. A plataforma do Focus já está preparada para isso e, portanto, será uma das grandes novidades dos motores diesel da Ford. O modelo manterá caixas de seis velocidades manual e automática Powershift.

Além desta ofensiva com o Focus, a Ford prepara um SUV para colocar na sua gama entre o Ecosport e o Kuga. Conhecido como C430, este SUV será lançado em 2019 e terá um aspecto desportivo e um carácter dinâmico mais acentuado que no Kuga. Caso as vendas do C-Max continuem a derrapar, este C430 poderá muito bem ser o substituto desse modelo.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...