Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Este é o novo BMW Série 1 de tração dianteira

“Apanhada”, finalmente, a versão de testes do BMW Série com tração dianteira que vai chegar ao mercado em 2018.

É verdade que o Série 1 vai receber mais uma renovação, discreta, ainda este ano, mas será o canto do cisne do atual modelo com tração traseira. A partir de 2018/2019, o Série 1 passa a ser um tração dianteira e conhecerá inúmeras alterações.

Recebeu um nome icónico, F40 (o nome de um dos melhores Ferrari de sempre), mas não terá sido propositado. Seja como for, o Série 1 F40 é o nome de código que indica ser este um carro de tração dianteira, sendo esta a mais fraturante novidade do modelo, que deixa de ter motores longitudinais em favor de motores transversais.

Apesar de estar carregado de camuflagem, a verdade é que nas fotos é possível ver um capot motor mais curto que o do modelo de tração traseira (o motor transversal ajuda a aumentar o espaço do habitáculo) e que a célula habitável está bem maior.

Por baixo do manto que se antevê mais esguio e menos desequilibrado, está a plataforma UKL, a mesma que serve o Série 2 Active Tourer e a gama Mini, além dos futuros X1 e X2.

Outra novidade é que o Sére 1 vai deixar de ter versão de três portas e também não voltará a ter motores de seis cilindros, pois com a tração dianteira, os blocos que a BMW possui não servem no novo Série 1. Portanto, o M140i deverá passar a ter um quatro cilindros de dois litros sobrealimentado com dois turbos e um compressor elétrico, utilizando a tecnologia de 48 volts. A plataforma UKL permite que o Série 1 possa ter tração integral e as versões xDrive vão ser propostas em toda a gama, até porque continuam a aumentar a sua quota no mix de vendas das gamas da BMW.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...