Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Lada Niva em edição especial 40º aniversário

Verdadeiro clássico para os adeptos do todo-o-terreno, o Lada Niva está a celebrar 40 anos, com uma edição especial.
Foto: LadaCom a singularidade própria de um veículo produzido na antiga União Europeia e a notoriedade que lhe deu na Europa ocidental Charles Pozzi, importador da marca em França, o Lada Niva 4×4 foi um dos primeiros SUVs compactos do mundo e transformou-se num daqueles raros modelos de culto, com uma legião de fãs, mantendo-se praticamente inalterado desde as suas origens, há 40 anos atrás.

Para comemorar as quatro décadas do Niva, a Lada lança este ano a edição especial 40th Anniversary Edition, que se destaca sobretudo pela sua cor exterior exclusiva e alguns detalhes no interior, como os bancos e os logos do 40º aniversário.

Foto: LadaO projeto do Niva arranca em 1971, quando o fabricante russo Auto Vaz decide avançar com um novo modelo que conjugasse a versatilidade de um mini urbano com as capacidades 4×4 tão utéis num país de invernos rigorosos com estradas cobertas de neve. Na ideia dos seus criadores, o Niva seria como um Renault 5 montado num chassis de Land Rover. Ou seja, nas palavras de Vladimir Solovyev, que liderava a equipa do projeto, um todo-o-terreno civilizado.

O desafio eras enorme, não apenas pelo estilo inovador do conceito, mas também por se tratar do primeiro veículo original da marca, que até aí produzia sob licença, modelos Fiat destinados aos países de leste.

A base do Niva era a de um Fiat 124, mas a carroçaria, a suspensão dianteira e o sistema de tração integral permanente foram desenvolvidos pela Auto Vaz. O primeiro protótipo ficou terminado ainda em 1971, ainda sem portas e sem o tejadilho rígido, e teve seguimento com um modelo de pré série, já muito próximo da versão de produção, apresentada em 1973.

Foto: LadaPara um veículo de passageiros destinado uma utilização no dia-a-dia, o Niva mostrou nos teste realizados surpreendentes capacidades offroad, com um ângulo de ataque de 58 graus e capacidades para atravessar cursos de água com até 60 cm e percursos em neve com até 1 metro de altura. Em 1977, seis anos depois do arranque do projeto, o primeiro Niva, com a sua carroçaria hatchback, entrava finalmente nas linhas de produção

O motor gasolina 4 cilindros de 1568 cm3 de origem Fiat, libertava uma potência máxima de 72 cv e um binário de 126 Nm e estava associado a uma caixa manual de seis velocidades e a um sistema de tração integral permanente dotado de três diferenciais (central, dianteiro e traseiro). Atingia uma velocidade máxima de 130 km/h e gastava 8,25 litros de gasolina para percorrer 100 quilómetros.

Com o evoluir dos tempos, o Niva foi sofrendo atualizações. Em 1985, a caixa passou a ter cinco velocidades e em 1994 o Niva foi alvo de um restyling exterior, ganhando um interior completamente redesenhado e um novo motor de 1.7 litros de 83 cv, mantendo-se fiel à configuração 4 cilindros e à gasolina.

Foto: Lada

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Marketeer
Trotinetes hive chegam à app Free Now