Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Honda apresenta novo Civic em Portugal

O novo importador da Honda para Portugal, a SóZó, apresentou não só o novo Honda Civic, como a nova empresa e quais os objetivos para o futuro, com destaque para uma estratégia de crescimento urdida com base numa rede de concessionários forte – na qual, a curta e médio prazo, não irá mexer depois do anterior importador ter alterado a rede no final de 2016 – numa maior proximidade com os clientes e com forte aposta na comunicação, expressa num investimento de 5 milhões de euros em quatro anos.

Leia também Saiba tudo sobre o novo Honda Civic

Leia também Primeiro ensaio Honda Civic 1.0 iVTEC Turbo: totalmente diferente!

A nova geração do Honda Civic já está à venda em Portugal, apenas com motores a gasolina, deixando a versão diesel para 2018 e entregando à representação do Civic no segmento dos modelos a gasóleo ao anterior modelo, nas versões de 5 portas e carrinha. Pode parecer estranha esta opção, mas é a forma que a SóZó encontrou para satisfazer os clientes diesel deste segmento – são muitos ainda! – que querem carros a gasóleo. Mesmo que os números digam que a apetência pelos motores a gasolina está em acelerado crescimento e as previsões apontem para um equilíbrio dentro de pouco tempo. Veremos.

A gama do novo Civic está composta, assim, com dois motores – 1.0 e 1.5 litros ambos sobrealimentados – a debitar, respetivamente, 129 e 182 CV, com binário de 200 Nm para o 1.0 litros e 240 Nm para o 1.5 litros. O primeiro é um tricilíndrico – nem parece! – o segundo um penta cilíndrico. Ambos estão acoplados a uma caixa manual de 6 velocidades, existindo a opção de uma caixa CVT com simulação de modo manual com 7 velocidades.

O Civic oferece uma bagageira com uma capacidade entre 420 e 478 litros (extensível até aos 1245 litros com os bancos rebatidos). No que toca às performances, o Civic 1.0 Turbo chega dos 0-100 km/h em 10,8 segundos com uma velocidade máxima de 203 km/h. Já o Civic com o motor 1.5 Turbo cumpre o exercício da aceleração em 8,2 segundos com uma velocidade máxima de 220 km/h. Quanto aos consumos, o 1.0 Turbo gasta 6,1 litros no tráfego urbano, 4,1 litros em utilização extra urbana, tendo uma média ponderada pela norma NEDC de 4,8 l/100 km com emissões de 110 gr/km de CO2. Já o bloco 1.5 Turbo, consome em utilização urbana, 7,4 l/100 km, em circuito extraurbano fica-se pelos 4,9 l/100 km e a média combinada é de 5,8 litros com emissões de 133 gr/km.

Quanto a preços, o Civic 1.0 Turbo começa nos 23.300 euros do Comfort, prosseguindo com os 25.530 euros do Elegance, os 26.090 euros do Elegance Conect Navi, os 28.830 euros do Executive e os 29.730 euros do Executive Premium. Com caixa CVT existem apenas os Elegance, Executive e Executive Premium que custam, respetivamente, 27.390, 30.130 e 31.030 euros.

No caso do Civic 1.5 Turbo, os níveis de equipamento são diferentes. Existem o Sport, Sport Plus e Prestige. Os preços começam nos 31.710 euros, seguindo-se os 33.710 euros do Sport Plus e os 34.710 euros do Prestige. Com caixa CVT, os preços sobem, respetivamente, para 33.010, 35.010 e 36.010 euros.

Se desejar saber mais sobre a nova gama Civic, clique aqui!

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...