Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Maserati número 100.000 entregue na China

A Maserati registou um momento histórico no Salão de Xangai ao entregar o seu modelo número 100.000 – um Quattroporte GranSport produzido na fábrica Avv. Giovanni Agnelli, em Itália.

O modelo – que conta com uma pintura exterior em branco sólido, um interior castanho, jantes de 21” Titano e pinças de travão vermelhas – foi desvendado por Reid Gigland, presidente da Maserati, que também fez questão de apresentar a jovem proprietária.

“A China é o maior mercado do Quattroporte a nível mundial”, afirmou Reid Bigland. “O nosso notável desempenho na China no ano passado representou um contributo decisivo para as nossas vendas recorde a nível global. As elites chinesas estão cada vez mais encantadas pela marca italiana do luxo, da requintada manufatura e da paixão pela condução, que são incutidos em cada Maserati”, concluiu.

Em 2016, o volume de vendas da Maserati na China superou a barreira das 12.000 unidades, o que representa um crescimento de mais de 120% face às 100 unidades vendidas em 2004 (o primeiro ano em que a marca operou na China). Atualmente, a marca conta com cerca de 30.000 clientes na China, 38% dos quais são do sexo feminino.

Além do Quattroporte, a Maserati aproveitou a apresença no certame de Xangai para revelar o Levante, o primeiro SUV da marca, e o Ghibili.

O modelo número 100.000 conta com um motor V6 bi-turbo de 3.0 litros capaz de debitar uma potência de 350 CV e 500 Nm de binário constante entre as 1.750 e as 4.500 rpm. O modelo acelera dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,5 segundos e é capaz de alcançar uma velocidade máxima de 270 km/h. Graças ao seu motor, o Quattroporte alcança o mais baixo consumo de gasolina de sempre nos 50 anos da marca: 9,1 l/100 km  e emissões de CO2 de 212 g/km.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...