Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

China e recalls afetam resultados do Grupo Hyundai

Os resultados  do primeiro trimestre da Hyundai Motor desceram 21%, face aos registos do período homólogo do ano passado, afetados pelos custos com o recall nos EUA e pela descida de 14% das vendas na China.

Foto: Hyundai

O lucro do 5º maior grupo automóvel mundial, que detém as marcas Hyundai e KIA, somou o equivalente a 1,15 mil milhões de dólares nos primeiros três meses do ano, ligeiramente acima das previsões da pool de analistas da Thomson Reuters.

As vendas subiram 5%, para um valor equivalente a 19 milhões de euros e o resultado operacional desceu 7%, para 1,0 milhões.

Os problemas da China decorrem da tensão política com a Coreia do Sul, que aceitou instalar no seu território o sistema americano de defesa antimíssil THAAD, o que levou a um sentimento anti coreano no maior mercado automóvel do mundo. As vendas baixaram 14% para 206 mil unidades, no trimestre.

A este fator, juntaram-se o aumento da concorrência das marcas locais, sobretudo no segmento dos SUV. A Hyundai teve mesmo de reduzir a produção das suas fábricas chinesas, em março, para reduzir stocks, reporta a agência Reuters.
O recall de 1,4 milhões de veículos da. Hyundai e KIA, na América do Norte e Coreia do Sul, teve um impacto negativo nas contas equivalente a 177 milhões de euros.

Para os próximos meses, o Grupo prevê uma recuperação dos resultados, com fim dos efeitos negativos não recorrentes e o lançamento de novos modelos e da nova marca premium Genesis.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...