Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Jeep e RAM podem autonomizar-se do Grupo FCA

Depois da divisão de máquinas agrícolas e da Ferrari, a Jeep e a RAM poderão ser as próximas marcas a ganhar autonomia do Grupo FCA, admite o CEO Sergio Marchionne. Uma avaliação da Morgan Stanley justifica o spinoff.

Foto: FCAA Jeep e a Ram, duas das marcas americanas do FCA Fiat Chrysler poderão via a ser autonomizadas numa empresa separada, admitiu ontem o CEO Sergio Marchionne (foto), no decurso da apresentação dos resultados trimestrais do Grupo.

Desde que adquiriu o controlo da Chrysler, em 2009, Marchionne já fez o chamado spinoff da Fiat Industrial, a antiga divisão de máquinas agrícolas da Fiat e da Ferrari.

A Fiat Industrial, no entretanto transformada em CNH Industrial, está hoje cotada na Bolsa de Valores de Nova Iorque e tem vendas anuais de 25 mil milhões de euros. A Ferrari, que também está hoje cotada em Nova Iorque com cada ação a valer mais de 75 dólares, gera mais de 3,4 mil milhões de receitas anuais e um resultado líquido de 435 milhões.

Em janeiro, a Morgan Stanley estimou que o valor da Jeep poderá atingir os 22 mil milhões de dólares, ultrapassando a cotação em Bolsa de todo o Grupo Fiat Chrysler, o que justifica o spinoff.

A RAM, por seu lado, foi avaliada em 11,2 mil milhões. A pick-up RAM 1500 (foto) é o modelo mais vendido da Dodge-RAM, com 580 mil unidades anuais na América do Norte, equivalendo às vendas somadas de quase todos os modelos da Dodge. É também o terceiro modelo mais vendido no mercado dos EUA. A atual quarta geração do modelo deverá ser substituída no próximo ano.

A Jeep tem crescido bastante nos últimos anos, com as vendas a quase triplicarem o meio milhão de registos de 2008 e a somaram 1,4 milhões no ano passado. O objetivo é atingir os dois milhões no próximo ano.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...