Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Lisboa com menos estacionamento e mais caro

A Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) prepara-se para dividir mais as zonas de estacionamento na maioria das freguesias de Lisboa – o que permitirá obter mais verbas, mas penalizará residentes e comerciantes, noticia a Rádio Renascença.

Uma das freguesias onde se prepara essa alteração é a de Alvalade, onde existem atualmente 8 zonas de estacionamento: vão passar a ser 18. E quem pede dístico de residente (que é pago) passa a ter uma zona geográfica bastante mais limitada para poder estacionar – se houver lugar.

“Não, não tinha conhecimento. Vai-nos condicionar mais enquanto residentes. Já temos alguma dificuldade em estacionar, porque é uma zona muito movimentada por causa do mercado, dos restaurantes, etc. Já não é a primeira vez que faço uma reclamação junto da EMEL e se calhar não era mal pensado ver como fazíamos para, pelo menos, não sermos prejudicados e sermos ouvidos. É abusivo”, afirmou Mónica Alves, moradora na zona, àquela Rádio.

“(…) Espero é que as duas [zonas] que dão como opção mantenham a mesma capacidade de lugares. Mas estou a ver que é difícil. Estive lá a semana passada para tratar do dístico e ninguém me disse nada”, revelou Nuno Lopes à Renascença.

O processo está em consulta pública e pode ser visto no site da EMEL.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...