Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercado europeu com recorde histórico de vendas em março

As vendas de automóveis na Europa atingiram um recorde histórico em março, com 1,92 milhões de unidades, apenas 100 mil registos abaixo da China, o maior mercado do mundo, refere uma análise da Carsales. Face a março do ano passado, o mercado europeu cresceu 10,5%.

DRA recuperação da economia europeia e da confiança dos recuperadores é o fator principal deste bom momento do mercado, a que se soma o sucesso dos novos crossovers e SUVs lançados por algumas marcas.

Jaguar F-Pace, Maserati Levante e Bentley Bentayga são já os modelos mais vendidos das respetivas marcas. Model X,Ateca, e Stelvio também conquistaram rapidamente um peso significativo no total das vendas e foram decisivos nos bons números da Tesla, SEAT e Alfa Romeo, respetivamente. O pequeno Audi Q2 já é o crossover mais vendido da gama Audi.

O Toyota C-HR foi responsável por 92% do crescimento da marca e na Volvo o XC60 teve um peso de 90,5% na subida, apesar de ter sucessor anunciado para esta ano.

Em março, 26 marcas bateram novos recordes mensais de vendas em volume, ou seja, metade das marcas presentes no mercado europeu. Neste grupo de recordistas, 17 num total de 24 são marcas de luxo ou de nicho e 9 num total de 28 são marcas generalistas.

A Mercedes-Benz e a BMW ultrapassaram pela primeira vez a marca dos 100 mil registos mensais e a Audi ficou a apenas a mil unidades. A Jaguar e a Land Rover também atingiram novos máximos mensais de sempre na Europa, com 14.271 e 32.663 unidades, respetivamente e o mesmo aconteceu com a Volvo, que somou 36.891 registos. Mini, Jeep, Porsche, Lexus, Tesla, Infiniti, Maserati, Ferrari, Aston Martin e Rolls Royce engrossam a lista das marcas premium com novos recordes de vendas mensais em março, em alguns casos com o mesmo número de registos que o total anual de há quatro ou cinco anos atrás.

Entre as marcas generalistas, a líder Volkswagen vendeu 186.246 veículos em março, um recorde absoluto, não só para a marca, mas também para o conjunto do mercado europeu. Nissan, Toyota, Skoda, Hyundai, Kia, SEAT, Dacia e Suzuki fecham o lote de recordistas de março.

O sazonal empurrão britânico

Devido à especificidade mercado britânico, março é tradicionalmente o mês de vendas mais forte na Europa, valendo 11,5% do total anual. No Reino Unido março é o mês de mudança de ano de matrícula e por isso há muitos compradores que preferem esperar por deste mês para manterem o veículo com um ano mais recente e com maior valor de revenda. É por isso que o mercado britânico vale quase 30% das vendas da Europa, em março, contra os 18% dos meses normais.

Como resultado, as marcas tradicionalmente mais fortes no mercado inglês aparecem bem classificadas no ranking europeu de março, num grupo que inclui a Ford, Opel/Vauxhall, Nissan e as marcas britânicas. Por exemplo, a Ford fechou março com dois pontos extra face à sua quota habitual e colocou o Fiesta como modelo mais vendido na região e a Jaguar Land Rover duplicou mesmo a sua quota.

Com base no bom desempenho de março, a Carsales melhorou as suas estimativas de mercado para o conjunto do ano de 2017, que deverá fechar com um volume recorde em torno das 16,7 milhões de unidades.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...