Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

KIA bate recordes de vendas na Europa

A Kia Motors alcançou um nível recorde de vendas na Europa (UE28 + EFTA) durante os primeiros quatro meses de 2017, de acordo com os dados tornados púbicos pela ACEA (Associação Europeia dos Construtores de Automóveis).

O volume de 166.266 unidades registado entre 1 de janeiro e 30 de abril representa um crescimento homólogo de 11,7%, ultrapassando a performance do mercado europeu, onde as vendas aumentaram 4.5% no mesmo período. Este resultado confere à KIA uma quota acumulada de 3% na Europa, o que acontece pela primeira vez e contrasta com os 2,8% do período homólogo. Em abril, essa quota foi de 3.4%, correspondentes a 41.279 unidades, mas foi em março que se registou o recorde mais expressivo: 55.007 unidades, o que constitui o melhor mês de sempre para a marca no Velho Continente.

Duas áreas recentes de crescimento foram especialmente importantes: a gama totalmente renovada nos modelos compactos (Rio e Picanto) e o novo leque de unidades híbridas e elétricas. O novo Rio averbou uma subida homóloga de 22% (28.025 unidades), enquanto o Picanto começou já dar as primeiras indicações do sucesso da nova geração: mais 23,4% face aos primeiros quatro meses de 2016 (combinação da geração anterior e da que foi introduzida em março).

Os modelos com propulsores ecológicos constituíram a área de maior crescimento. As vendas de híbridos e elétricos Kia foram nove vezes superiores às registadas entre janeiro e abril do ano passado, fruto da chegada do crossover Niro (10.339 unidades) e do Optima Plug-in Hybrid (307), a par da subida de vendas do Soul EV (1487). As gamas Niro e Optima vão conhecer este ano nova expansão com a introdução do Niro Plug-in Hybrid e a chegada das versões plug-in hybrid à Optima Sportswagon.

Em Portugal, a Kia registou igualmente uma evolução favorável durante os primeiros quatro meses do ano, com um total de 1960 unidades de ligeiros de passageiros, uma subida de 7,8% e uma quota de mercado de 2,50%, contra os 2,44% do período homólogo. Estes resultados traduzem uma progressão no mercado português que se prevê ainda mais robusta nos próximos meses, fruto da entrada plena no mercado das novas gerações Rio e Picanto.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...