Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Os Tesla devem pagar mais seguro, defende AAA

A America Automobile Association (AAA) alega que os Tesla Model S e Model X têm um registo de incidentes superior ao normal e que ambos os modelos custam mais a reparar que os outros veículos. E, por isso, devem pagar prémios de seguro mais altos.

Foto: TeslaOs defensores dos veículos autónomos argumentam que eles vão arrasar o negócio do seguro automóvel, porque vão reduzir enormemente o número de acidentes e levar a uma diminuição correspondente dos prémios dos seguros.

Sistemas como o detetor de veículo no ângulo morto de ultrapassagem, anticolisão frontal com detetor de peões e travagem automática de emergências, ou o alerta e assistentes de manutenção em faixa de rodagem, contribuirão para uma diminuição significativa da sinistralidade nas estradas.

Na China e noutros países, a Tesla já está a conseguir reduzir os seguros dos seus carros, em colaboração com companhias locais, com base no argumento de que o seu sistema de condução autónoma Autopilot reduz a probabilidade de sinistros.

Mas a America Automobile Association (AAA) discorda, alegando que os Tesla Model S e Model X têm um registo de incidentes superior ao normal e que ambos os modelos custam mais a reparar que os outros veículos. E, por isso, devem pagar prémios de seguro mais altos.

Para defender a sua posição, a AAA utilizou dados do The Highway Loss Data Institute (HLDI), uma divisão do Insurance Institute for Highway Safety, que confirmam que os modelos da Tesla têm uma maior taxa de acidentes e um maior custo de reparação, em comparação com outros veículos da mesma classe, como os Volvo XC70, Audi A6, Mercedes-Benz Classe E ou o BMW Séries 5.

Ainda de acordo com a HLDI, o custo de reparação de um modelo da mesma categoria do Tesla, como os referidos acima, é cerca de 50% superior ao valor médio pago pelas seguradoras e que o número de incidentes é 13% superior. Para os Tesla, estes valores são de 100% e 46%, respetivamente. O facto de os Tesla terem uma carroçaria em alumínio, que é mais caro de reparar que os normais carros com carroçaria de aço, parece dar razão à HLDI.

A Tesla, por seu lado, argumenta que a classificação do HLDI é incorreta e que os seus modelos não podem ser diretamente comparados com nenhum outro modelo.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...