Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Fuso Canter HEV: O 1.º reboque híbrido em Portugal

Os Reboques Amadora, cliente e parceiro Fuso em Portugal, depois de ter sido o primeiro cliente a apostar numa viatura com caixa automática “Duonic” em 2014 para o serviço de reboques, comprovam que gostam de acompanhar as evoluções tecnológicas, e apostaram na aquisição de uma viatura híbrida Fuso Canter HEV para colocar ao serviço na sua frota de veículos de pronto socorro.

Com a aquisição desta viatura tornam-se na primeira empresa de pronto socorro nacional e uma das primeiras a nível europeu, a possuir uma viatura desta tipologia, que devido à sua tecnologia permite uma clara redução dos consumos de combustível, ruído e emissões de CO2, mantendo inalterável as qualidades intrínsecas do modelo Canter para este sector de actividade.

Fábrica do Tramagal

A Canter Eco Hybrid é produzida na fábrica do Tramagal, e é o primeiro camião na sua classe a receber um sistema híbrido e a ser produzido em série na Europa. Este veículo reúne todas as condições para ser um sucesso: a nova Canter Eco Hybrid utiliza até menos 23% de combustível que uma Canter convencional em trânsito de cidade.

A economia da Canter Eco Hybrid é baseada na sua avançada tecnologia híbrida ultraeficiente. Tem uma arquitectura de sistema Híbrido Paralelo com o motor eléctrico adicional posicionado entre a embraiagem e a caixa de velocidades. Esta versão Canter está equipada com o motor turbo diesel de 3 litros de 150 CV (110 kW) de potência e um binário máximo de 370 Nm às 1.320 – 2.840 rpm. Este motor tem ainda sistema de
reciclagem de gases no escape e filtro de partículas.

O motor elétrico síncrono de magneto permanente da Canter Eco Hybrid tem uma potência de 40 kW e um binário máximo de 200 Nm. Como é característico nos motores eléctricos, o binário máximo está disponível desde o início. O motor eléctrico, arrefecido a líquido e com apenas 110 mm de largura, é responsável pelo ligeiro acrescimento no
comprimento da cadeia cinemática.

A tecnologia híbrida acrescenta pouco ao custo do veículo, o que permite que o investimento tenha retorno em apenas 2 a 3 anos de utilização. Ao mesmo tempo, o ambiente beneficiará da redução de várias toneladas de emissões de CO2 e de um decréscimo do nível de ruído.

A lógica de utilização deste modelo é simples: usar apenas o motor eléctrico em manobras de baixa velocidade, reduzindo assim o ruído. Ao atingir os 10 km/h o motor a diesel entra em funcionamento. Também tem a capacidade de ser usado em ponto-morto para dar potência à tomada de força.

Dependendo da exigência de potência, o motor eléctrico também suporta o motor a diesel a velocidades mais elevadas. A nova Canter Eco Hybrid vem equipada com o sistema Start-Stop para desligar o motor a diesel sempre que o veículo é imobilizado, ajudando assim a reduzir o consumo de combustível e as emissões.

No painel de instrumentos o condutor pode facilmente aceder a vários tipos de informação, entre os quais o nível de carga das baterias e o modo de condução.

Projeto 100% Nacional

De salientar que este veículo, tem a particularidade de ser um carro produzido na unidade industrial do Tramagal, carroçado com uma plataforma desenvolvida e aplicada pela empresa Basreal, adquirida e operada pelos Reboques Amadora. Sendo portanto um veículo desde a montagem até à utilização pelo cliente final 100% produzida em
Portugal.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...