Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Novo CEO da Opel tem de atingir lucros até 2020

O novo CEO da Opel, Michael Lohscheller (foto), terá como objetivo trazer a companhia de regresso aos resultados positivos até 2020 e garantir uma margem operacional de 2% já este ano e de 6% em 2026, segundo os guidelines traçados por Carlos Tavares, CEO da PSA, que em março passou a controlar a marca alemã e a sua congénere britânica Vauxhall.

Foto: Opel Media

O sucessor de Karl-Thomas Neumann (que é entretanto dado como futuro patrão da Audi), terá de avançar com um plano de corte de custos e com uma maior integração industrial com a Peugeot, Citroen e DS, as marcas do Grupo PSA.

As cinco marcas partilharão plataformas, motorizações e outros elementos mecânicos e os serviços de compras e de logística, mas manterão a autonomia. Peugeot, DS e Citroen manterão um carisma francês, a Opel o seu DNA germânico e a Vauxhall continuará britânica.

Lohscheller, 48 anos, era desde 2012 o Chief Financial Officer da Opel, e conhece, portanto, os meandros financeiros da empresa. Antes de ingressar na Opel, foi administrador financeiro da Volkswagen America. Começou a sua carreira no departamento de logística da Daimler. Assumirá oficialmente os comandos da Opel/Vauxhall a partir de 31 de julho e terá 100 dias para apresentar um novo plano estratégico para a companhia.

Os planos do anterior CEO de transformar a Opel numa marca exclusiva de veículos elétricos, parecem agora estar postos de lado.

 

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...