Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

FCA nega saída da Chrysler do Japão

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) negou esta segunda-feira que tenha decidido retirar a sua marca Chrysler do mercado japonês, depois do jornal Nikkei ter anunciado que a marca deixaria de estar presente no Japão a partir de 2018 devido ao fraco número de unidades vendidas.

“Embora a FCA Japão já tenha anunciado a intenção de concentrar os seus recursos na marca Jeep, não foram tomadas decisões relativas à marca Chrysler”, pode ler-se no comunicado emitido pelo grupo automóvel.

Segundo o jornal de negócios nipónico, a FCA – que também comercializa no Japão as marcas Jeep, Fiat, Alfa Romeo e Abarth – estaria muito perto de deixar de vender a Chrysler no país devido às menos de 300 unidades vendidas em 2016.

A queda tem sido constante desde o novo milénio e a marca vende hoje apenas um décimo do que vendia há uma década. Em comparação, a marca Fiat vendeu cerca de 6.700 unidades em 2016 e a Jeep 9.400 unidades, tornando-as duas das dez marcas estrangeiras com maior números de vendas no Japão.

Atualmente, a FCA apenas tem o Chrysler 300 – uma berlina de luxo  que é vendida na Europa como Lancia Thema – à venda no mercado nipónico… nos concessionários da Jeep.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...