Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Classe de portagens atrasa lançamento do Dacia Duster em Portugal

O novo Dacia Duster ainda não tem data de lançamento prevista em Portugal, sendo certo que chegará mais tarde que aos restantes mercados europeus, devido à necessidade de ajustar o modelo, de forma a que seja homologado como Classe 1 nas portagens.

Foto: Dacia

A segunda geração do Dacia Duster está a ser apresentada aos jornalistas europeus, na Grécia, e deverá comneçar a chegar aos stands da marca já no início de 2018.

Apesar da demora, o Duster 2 será seguramente comercializado no mercado nacional, confirmou ao automonitor fonte da marca.

A solução, que demorará algum tempo a ser implementada na fábrica romena da marca, que detém o exclusivo da produção do Duster, deverá passar por ajustes na suspensão, de forma baixar a altura do capot ao solo, medida na vertical do eixo dianteiro.

Tal como aconteceu com o Renault Kadjar, as tendências de design e as normas proteção de peões em caso de atropelamento, estão a fazer subir a altura ao solo dos capots dianteiros, levantando mais uma vez a questão da adequabilidade da legislação que recula as classes de portagens nasx autoestradas em SCUTs em Portugal, aos padrões de design e de segurança dos veículos mais recentes.

O Dacia é o modelo de maior sucesso da marca, a nível mundial, e o terceiro mais vendido em Portugal, depois dos subcompactos Sandero e Logan, sendo por isso estratégico para os objetivos da marca.

Entre janeiro e setembro, a Dacia bateu um novo recorde de vendas na Europa, com quase 385 mil registos e uma quota de 2,6% do mercado, num ganho de 11% face ao período homólogo do ano passado. No segmento dos clientes particulares, o Dacia Sandero é o modelo mais vendido e o Duster ocupava a terceira posição entre os SUVs.

Saiba tudo sobre o novo Duster AQUI

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...