Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Conheça o Duster Dakar de Carlos Sousa

O Duster Dakar é equipado com o motor V8 VK56 da Aliança Renault-Nissan. Um bloco com 5450 cm3 de cilindrada, 390 cavalos de potência e 45 Kgm de binário.

Foto: Agencia VA

Pelo sexto ano consecutivo, dois Duster inscritos pela Renault Argentina (a gama Dacia é comercializada neste país sob a marca Renault) estarão à partida do mais exigente e apaixonante rali do mundo: o Dakar.

Equipados com um motor V8 da Aliança Renault-Nissan, com 390 cavalos de potência, os Duster querem surpreender com resultados entre os 10 primeiros em algumas etapas.

LEIA TAMBÉM Carlos Sousa aposta no Duster para chegar ao Top10 no Dakar

O Renault Duster Dakar Team é constituído pelas duplas Carlos Sousa/Pascal Maimon e Emiliano Spataro/Santiago Hansen. O português estreia-se na equipa, enquanto o piloto argentino é o totalista da formação, tendo conquistado aquele que até hoje foi o melhor resultado do projeto no Dakar: na edição 2014, 4º lugar da classe, a que correspondeu a 14ª posição à geral.

Na sequência da experiência acumulada desde 2013, o Duster Dakar apresenta-se à partida da edição 2018 com importantes desenvolvimentos técnicos na suspensão traseira, mas também na refrigeração do sistema de travões.

Foto: Agencia VA

O português Carlos Sousa vai participar com a unidade com que Emiliano Spataro participou na edição 2017 do Dakar. Uma viatura com poucos quilómetros, uma vez que o argentino desistiu logo na terceira etapa, com problemas na suspensão traseira, na sequência da passagem num salto mais pronunciado.

Em 2017, o Duster logrou chegar ao final do Dakar pela quinta vez consecutiva e, apesar dos percalços, terminou num positivo 22º lugar. Os objetivos para 2018 são mais ambiciosos e passam pela conquista de um lugar no top 10. Recorde-se que o Duster já terminou duas etapas do Dakar no Top3.

Foto: Renault

Expetativas altas, mas que vêm na sequência da experiência acumulada nas cinco anteriores edições do Dakar e no Campeonato Sul Americano de Cross Country, competição onde a equipa tem conquistado alguns excelentes resultados, como a vitória no Desafio Ruta 40 Sur.

A exemplo do ano passado, o projeto conta com o apoio e o acompanhamento da Renault Sport Technologies, a divisão desportiva da marca do Grupo Renault.

A edição deste ano do Dakar disputa-se no Perú, Bolívia e Argentina, entre os dias 6 e 20 de janeiro.

FICHA TÉCNICA

  • Motor V8 VK-56. Desenvolvimento, preparação e homologação a cargo da Aliança Renault-Nissan.
  • Potência 390 CV
  • Binário 45 Kgm
  • Caixa de velocidades SADEV de 6 relações sequencial. Diferencial central autoblocante com bloqueio.
  • Diferenciais Com autoblocante de rampa e multidisco Heavy Duty F9 em alumínio e magnésio.
  • Amortecedores Reiger.
  • Suspensão dianteira Duplo trapézio construída em liga de aço, níquel e molibdénio.
  • Suspensão traseira Sistema independente de paralelogramo deformável.
  • Travões Discos Power Brake refrigerados a água. Caliper Power Brake de 6 pistões.
Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...