Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Vendas da Aston Martin crescem 58% em 2017

A Aston Martin vendeu 5117 automóveis em 2017, em progressão homóloga de 58%, com a procura dos modelos DB11 e Vanquish S e das séries especiais Vanquish Zagato e Vantage GT8, que somaram 250 unidades, a mais do que duplicando os números de 2016.  

Foto: Aston Martin

Foi melhor score dos últimos nove anos, com fortes subidas das vendas na América do Norte, Reino Unido e China.

“Continuamos a ter um desempenho acima das expectativas, quer em ternos financeiros, quer em termos de volumes de vendas”, explica em comunicado Andy Palmer, presidente e CEO da Aston Martin (ao centro na foto). “Esta forte progressão das vendas prova que o nosso plano de transformação Second Century está a ganhar momentum. A fase dois do programa será largamente completada em 2018 com a introdução do novo Vanquish e a produção do novo Vantage”, adianta.

Como parte do plano estratégico, a Aston Martin está a expandir a sua capacidade industrial no Reino Unido, com a construção de uma nova fábrica em St Athan, no País de Gales, e a retomar a produção de veículos especiais (congelada desde 2007), nomeadamente com o DB4 GT Continuation, montado na unidade que a empresa tem em Pagnell. Para St Athan, que deverá ficar operacional em 2019, a Aston Martin tem prevista a produção do novo DBX, o seu primeiro SUV.

Também para 2019 está agendada a produção do RapidE, o primeiro desportivo elétricos da marca, com uma produção limitada a 155 unidades.

A empresa britânica vai apresentar os seus resultados em março, apontando para uma margem operacional bruta (EBITDA) de 180 milhões de libras, o equivalente a um pouco mais de 200 milhões de euros e um volume de negócios de 840 milhões de libras (cerca de 950 milhões de euros).

 

 

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...