Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Lotus prepara dois SUV: O primeiro chega em 2022

Cerca de cinco meses depois da aquisição da Lotus pela chinesa Geely – dona da Volvo e da Polestar -, a nova estratégia da marca britânica vai-se definindo. Em declarações ao Automotive News, Jean-Marc Gales, CEO da Lotus, revelou que estão em desenvolvimento dois SUV, o primeiro devendo chegar aos mercado sem 2022.

Foto: Lotus

Segundo Jean-Marc Gales, o objetivo passará mais por concorrer diretamente com os Porsche Macan e Cayman ao invés de desenvolver um Lotus para o segmento dos SUV compactos, sendo que o primeiro dos dois SUV em agenda deverá chegar aos mercados em 2022.

Gales está ciente do impacto que um SUV poderá ter para a imagem da Lotus, famosa pelos seus desportivos leves “Não poderemos utilizar a mesma linguagem estética de um desportivo, mas o SUV deverá ser reconhecido imediatamente como sendo um Lotus”.

Em termos de produção, a marca britânica deverá utilizar as técnicas da Geely que Gales recusa categoricamente de apelidar de plataformas: “Vamos chamá-los de módulos – ‘plataforma’ sugere um veículo grande e pesado e não é isso que pretendemos. O que queremos é combinar módulos familiares novos e comprovados da família Geely e combiná-los para criar um cruzamento estético desportivo”.

Os SUV da Lotus poderão também ser montados na China, embora ainda não haja uma decisão tomada: “Ainda não decidimos, mas considerando que a China é o maior mercado do mundo, seria talvez a decisão mais correta”.

Com a inclusão de SUV no seu portefólio, a Lotus espera passar das 1600 unidades vendidas em 2017 (3.000 previstas até 2021) para as 10 mil a partir de 2022.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
CTT querem ser líderes ibéricos em Expresso & Encomendas