Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

CEO da Lotus abandona a empresa

Jean-Marc Gales, CEO da Lotus, anunciou o abandono da empresa britânica, surpreendendo o meio automóvel. Gales irá agora ingressar na britânica JD Classics, empresa dedicada ao mundo dos clássicos e da competição.

Gales chegou à Lotus em maio de 2014, num dos piores momentos da história da marca, sucedendo na direção a Dany Bahar. A missão de Gales não se anunciava fácil, mas em quatro anos conseguiu recuperar a empresa, melhorando a oferta com vários modelos, edições especiais e renovações de todos modelos.

O resultado da estratégia de Gales deu os seus frutos e a aquisição por parte da Geely foi o culminar dessa estratégia. A Lotus poderá agora, com os novos fluxos de capital realizar vários projetos pendentes como a produção de um novo SUV e o sucessor espiritual do Lotus Esprit, um novo desportivo para ser inserir acima do Lotus Evora e que tem data de chegada ao mercado em 2020.

Feng Qingfeng, responsável pela área técnica da Geely, é o sucessor de Jean-Marc Gales – ainda não se sabendo se temporariamente ou efetivo.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Marketeer
Trotinetes hive chegam à app Free Now