Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Futuro da Renault-Nissan decidido em 2020

A Renault e a Nissan fixaram um prazo de dois anos para analisarem e decidirem sobre uma eventual fusão entre os dois grupos, cimentando a actual aliança estratégica que mantém também com a Mitsubishi, reporta a agência Bloomberg.

Foto: Renault

A hipótese de reforço dos laços que ligam atualmente os dois grupos, tem sido discutida desde que Carlos Ghoss (foto), presidente do Grupo francês e CEO da Aliança Renault-Nissan- Mitsubishi, avançou a ideia, em meados do ano passado.

“A Aliança está permanentemente a estudar opções para a evolução dos seus negócios”, disse à Bloomberg Jonathan Adashek, um dos porta-vozes da Renault-Nissan-Mitsubishi. A Renault detém 43,4% do capital da Nissan, que por sua vez controla 15% do grupo francês e 34% do capital da Mitsubishi.

Os dois grupos têm na mesa várias opções, desde a criação de uma holding sedeada em Londres ou na Holanda, que controle os parceiros da aliança, a uma integração das companhias. A fusão da Nissan com a Renault dará origem ao maior grupo automóvel mundial, com presença forte em todos os continentes.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...