Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

25 anos depois: Adeus, Fiat Punto!

Embora ainda seja possível adquirir um Fiat Punto, o modelo italiano, que voltou a colocar a marca de Turim na lista das mais vendidas, deixou de ser produzido em Melfi ao fim de 25 anos de existência.

O Fiat Punto foi lançado em 1993 e teve sucesso imediato, muito devido ao seu atraente design assinado por  Giorgetto Giugiaro. Tanto sucesso que a fábrica de Melfi foi criada propositadamente para a sua produção, chegando, no seu pico, a produzir 3.500 unidades por dia.

Embora o Fiat Punto já não fosse, nos dias de hoje, o modelo mais atrativo do seu segmento, a verdade é que conseguiu manter-se atual, apesar da sua última renovação ter acontecido há mais de uma década.

Produzido até 1999, a primeira geração do Punto contava com uma gama de motores com uma potência que variava dos 54 aos 136 CV, antes de ser substituída pela segunda geração pouco antes do ano de 2000. Em 2005, é a vez da terceira geração – que se manteve até aos dias de hoje. Entretanto, e porque o sucesso se vai mantendo, a Fiat decide continuar a fazer evoluir a segunda geração com o Punto Cult, Cult II e finalmente o Punto Classic.

A fábrica de Melfi irá agora concentrar os seus recursos nos Jeep Renegade e Fiat 500X, dois dos modelos escolhidos por Sergio Marchionne, que sempre fez o que esteve ao seu alcance para proteger as fábricas italianas. Marchionne considerava que as fábricas italianas deveriam produzir modelos de segmentos mais altos e optou por transferir a produção dos modelos mais acessíveis para locais onde a mão de obra fosse mais barata.

Embora se tenha falado durante algum tempo do Fiat Argo brasileiro, a FCAutomobiles não revelou se haverá substituto para o Punto…

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...