Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Novo VW T-Cross chega no 1.º semestre de 2019

A Volkswagen revelou mais informações sobre o seu T-Cross, um novo SUV compacto que chegará no primeiro semestre de 2019.

Tendo como base a mesma plataforma MQB-A0 do Polo e Virtus, o novo T-Cross contará com 4,107 metros de comprimento, ficando abaixo do Tiguan (e, futuramente, do Tarek). Apesar do tamanho diminuto, a fabricante alemã promete bastante espaço interior – os bancos traseiros poderão ser ajustado longitudinalmente de modo a proporcionar mais espaço para os joelhos ou porta-bagagens.

Assim,  a sua bagageira oferece uma capacidade de carga entre 385 e 455 litros, dependente da posição dos bancos traseiros, que podem ser deslizados horizontalmente. A bagageira do T-Cross é 33 a 100 litros maior do que a do Kia Stonic e pode oferecer uma capacidade de carga até 55 litros superior à do SEAT Arona. Com os bancos rebatidos, a capacidade de carga da bagageira do T-Cross é de 1.281 litros.

Típica de um SUV é a posição elevada dos assentos no T-Cross: são 597 mm na frente e 652 mm atrás; o ângulo de visão elevado do T-Cross é obtido graças a uma maior altura livre do solo e ao sistema de bancos.

O T-Cross, ainda de acordo com a marca, será um dos SUV mais seguros da sua categoria, graças uma ampla gama de sistemas de assistência à condução e “excelentes características de colisão”. Em termos de motorizações, o novo SUV da VW conta com versões a gasolina (TSI) com filtro de partículas e uma potência de 70 kW/95 CV, 85 kW/115 CV e 110 kW/150 CV. Já a variante Diesel (TDI) debita 70 kW/95 CV de potência.

Com o slogan “I am more”, o T-Cross pretende oferecer mais do que os outros – “I am practical” – mais espaço e flexibilidade; “I am cool” – design masculino e máxima personalização; “I am intuitive” – digital e conectado; “I am safe” – um dos automóveis mais seguros do mercado.

O SUV mais compacto da Volkswagen, para o mercado europeu, mede 4.107 mm de comprimento e 1.558 mm de altura (para a América do Sul, o modelo “cresce” até aos 4.192 mm), e uma distância entre eixos de 2.565 mm.

O novo modelo oferece muito mais espaço graças à matriz modular transversal (MQB) – esta base inovadora puxa o eixo dianteiro bastante para a frente, garantindo assim uma distância adicional entre eixos, um maior espaço interior do veículo e volume de armazenamento que é variável – o banco traseiro possui de série um ajuste de comprimento de acordo com a situação (para mais liberdade para as pernas ou mais espaço na mala – de 385 a 455 litros).

Entre os vários sistemas de assistência destaque para o sistema de visão periférica Front Assist e o assistente de faixa de rodagem Lane Assist (ambos de série), o Blind Spot Sensor, o sistema de deteção de peões e o sistema de proteção proativa dos ocupantes do veículo.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Qual o impacto da tecnologia na Gestão de Talento?
Marketeer
Arranca a segunda edição do From Start-to-Table