Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ford inicia produção do furgão eléctrico para o Deutsche Post

A fábrica Ford de Colónia, na Alemanha, deu início à produção do furgão elétrico StreetScooter WORK XL, que o Deutsche Post vai usar no serviço de correios do país.

Foto: Ford Media

Desenvolvido com base num chassis Ford Transit, este furgão elétrico de dimensões médias está equipado com um propulsor a bateria, e apresenta uma carroçaria desenhada e construída de acordo com as especificações do StreetScooter.

O ritmo de produção diária do WORK XL é de 16 unidades e envolve cerca de 180 funcionários da Ford, divididos por dois turnos. A capacidade de produção anual é de 3.500 unidades.

O WORK XL é o maior furgão de distribuição do portefólio da StreetScooter, com um volume de carga de 20 m3, espaço para mais de 200 embalagens e uma carga útil de 1.275 kg. A Ford vai dotar o furgão com uma gama de diferentes motores eléctricos e baterias de iões de lítio, com potências até 90 kW (122 CV) e um binário de 276 Nm.

Contando com baterias que podem ir até aos 76 kWh de capacidade, o WORK XL tem até 200 km de autonomia. Comparado com modelos a gasóleo, cada furgão eléctrico proporciona uma redução anual de 5 toneladas nas emissões de CO2, e a poupança de 1.900 litros de combustível.

O Deutsche Post DHL utiliza o WORK XL em apoio ao seu serviço urbano de entrega de encomendas na Alemanha, estando a ser avaliada a sua disponibilização a clientes terceiros.

“A produção da StreetScooter WORK XL na nossa fábrica de Colónia combina, de forma perfeita, a experiência ímpar da Ford no campo da produção de veículos comerciais com os pontos fortes da StreetScooter e a sua agilidade de empresa start-up”, explica Joerg Beyer, diretor-geral de Desenvolvimento de Produto da Ford Europa. “Este projeto conjunto salienta o facto de que somos um fabricante de grande volume que também tem capacidade para pequenas cadências de produção.”, adianta.

Os motores eletrificados vão ter um papel fundamental na gama de produtos Ford para a Europa. A empresa está a investir 9,5 mil milhões de euros e planeia ter 16 veículos 100 por cento eléctricos num portefólio global de 40 veículos eletrificados até 2022.

Recentemente, no Salão de Veículos Comerciais de Hanôver (IAA 2018), na Alemanha, a Ford apresentou, em estreia, o seu novo modelo Transit Custom plug-in hybrid (PHEV). Dotada de um sistema de propulsão híbrida, tem uma autonomia anunciada de 50 km em modo 100% elétrico, contando com o motor Ford EcoBoost 1.0, a gasolina, como extensor de autonomia. A autonomia total será superior a 500 quilómetros.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...