Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Classe E Limousine e Station com novo recorde de vendas

A Mercedes-Benz estabeleceu um novo recorde de vendas no final deste ano, apesar de um ambiente de mercado volátil: 198.545 veículos entregues a clientes em todo o mundo. Com o aumento da disponibilidade de alguns produtos, particularmente em mercados internacionais, este teve um impacto positivo nas vendas das principais regiões. Nos onze primeiros meses do ano, 2.103.653 automóveis Mercedes-Benz foram entregues a clientes, um valor ligeiramente acima do ano anterior (+ 0,4%). A marca manteve a posição de liderança de mercado no segmento premium na Alemanha, França, Itália, Espanha, Suíça, Portugal, Coreia do Sul, Japão, Austrália e EUA.

Na Europa, a Mercedes-Benz comercializou um total de 82.007 veículos em novembro, um aumento de 2,6% e um novo recorde. Nos onze primeiros meses do ano, foram entregues 850.957 unidades (-3,3%). No mercado doméstico, na Alemanha, a marca comercializou 29.188 automóveis no mês passado (+12,5%). O novo Classe A continua a ser um dos modelos com maior procura tendo duplicado as suas vendas em relação ao mesmo período de 2017. Também em França, na Suíça, Polónia, Dinamarca, Portugal e Hungria foram superados os valores de novembro do ano anterior.

A Mercedes-Benz estabeleceu também novos recordes na região Ásia-Pacífico: 75.392 veículos foram entregues a clientes em novembro (+ 1,5%) e 862.419 nos primeiros onze meses (+ 7,5%). Na China, o maior mercado de vendas, 52.151 automóveis Mercedes-Benz foram vendidos no mês passado (+ 2,6%). No período de janeiro a novembro, a Mercedes-Benz registrou um crescimento de 11,7% e vendeu 603.089 unidades.

Em novembro deste ano, juntamente com os modelos entregues pela smart, a divisão de automóveis da Daimler AG tornou-se o primeiro fabricante de automóveis premium a ultrapassar a marca de 600.000 veículos entregues na China num ano. A Mercedes-Benz alcançou novos recordes de vendas nos mercados da Coreia do Sul, Índia, Malásia, Tailândia e Vietnam.

Na região NAFTA, a Mercedes-Benz comercializou um total de 35.842 veículos em novembro (-1,8%). Nos onze primeiros meses deste ano, 340.564 veículos de passageiros Mercedes-Benz foram entregues a clientes (-5,4%). Nos Estados Unidos, um total de 31.022 clientes receberam o seu novo modelo, um aumento de 0,6%. Isso significa que um total de 283.943 veículos foram entregues nos Estados Unidos em novembro (-6,0%). No México, a Mercedes-Benz estabeleceu um novo recorde de vendas nos primeiros onze meses do ano.

Vendas por modelo

A procura pelo Classe E Limousine e Station foi extremamente elevada no mês passado. Mais de 31.000 unidades foram vendidas em todo o mundo, um aumento de cerca de 6,2%. A versão longa foi particularmente popular no mercado chinês, apresentando um crescimento de dois dígitos em novembro e, assim, alcançando um novo recorde de vendas.

Os SUV da Mercedes continuam com vendas recorde, com cerca de 750.000 unidades dos modelos GLA, GLC, GLC Coupé, GLE, GLE Coupé, GLS e Classe G vendidos no período de janeiro a novembro (+ 2,4%). O crescimento das vendas foi impulsionado principalmente pelo GLC, que também estabeleceu um novo recorde de vendas unitárias no mês passado. Graças ao crescimento de dois dígitos, o novo Classe G alcançou um novo recorde de vendas para novembro.

A procura pelos Dreamcars da Mercedes-Benz foi particularmente forte em novembro: as vendas unitárias mundiais aumentaram 19,8% para a nova alta de 15.073 unidades. Em todas as três principais regiões – Europa, Ásia-Pacífico e NAFTA – os Dreamcars alcançaram um crescimento em vendas unitárias. O Classe E Cabriolet foi particularmente popular, assim como o CLS, que estabeleceu um novo recorde em novembro.

smart

Nos primeiros onze meses do ano foram vendidos 118.512 veículos da marca smart em todo o mundo (-3,8%). Em novembro, um total de 10.926 clientes receberam o seu microcarro de duas ou quatro portas (-6,2%). Os modelos smart foram especialmente populares em Espanha, com crescimento de vendas de dois dígitos nesse mercado. As vendas mundiais dos modelos elétricos atingiram um novo recorde em novembro e nos onze primeiros meses.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...