Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Novo Volkswagen e-Crafter anuncia futuro dos comerciais

A Volkswagen revelou o e-Crafter, o primeiro veículo totalmente elétrico da Volkswagen Veículos Comerciais, que, oferecendo uma carga útil de até 1,72 toneladas, é já hoje uma resposta eficaz a desafios futuros. O novo e-Crafter é proposto no mercado nacional com um preço a partir de 63.404 euros + IVA.

Com uma potência de 136 cv (100 kW) e um binário máximo de 290 Nm permanentemente disponível, não só alarga a oferta da gama Crafter como é o primeiro furgão com emissões zero da Volkswagen Veículos Comerciais. A energia é transferida para as rodas dianteiras através de uma caixa de velocidades automática de uma relação (EQ 290), concebida para veículos comerciais. Ao mesmo tempo, assinala o início de uma campanha de mobilidade elétrica, já que a marca tem em expansão a sua gama de modelos com veículos parcialmente e totalmente eletrificados.

Distinguido pelo “European Transport Award for Sustainability 2018” na categoria de “Vans and Delivery Vehicles”, o novo e-Crafter beneficia já hoje da tecnologia de amanhã, graças ao seu vanguardismo em todos os domínios.

Em vez de um motor de combustão interna, debaixo do capot está um motor elétrico muito compacto e, por isso, significativamente mais leve e totalmente isento de emissões durante o funcionamento. Mas esta não é a sua única vantagem. O motor elétrico é também extremamente silencioso, é de baixa manutenção e disponibiliza um elevado binário em todas as situações. Além disso, providencia uma aceleração rápida do veículo, especialmente nos primeiros 60 metros, graças à transmissão automática de uma velocidade, sem interrupção da tração.

Por sua vez, o módulo eletrónico de potência constitui o componente central da tração elétrica. Estabelece a ligação com a bateria de alta tensão e fornece energia elétrica aos componentes eletrónicos internos e ao motor elétrico. O sistema de recuperação permite que a energia cinética gerada nas desacelerações e travagens seja convertida em energia elétrica, através de um alternador. A energia é acumulada na bateria de alta tensão, ficando disponível para a rede elétrica de bordo e para as acelerações.

Existem muitas possibilidades de carregar o e-Crafter. Graças ao sistema de carregamento combinado (CCS), as baterias de iões de lítio podem ser ligadas quer à corrente contínua, quer à corrente alternada. Este sistema permite carregar o veículo em estações públicas de carregamento rápido e em estações de carregamento doméstico da própria empresa.

No caso da corrente contínua, o novo e-Crafter pode ser recarregado muito rapidamente nas estações públicas de carregamento rápido. Atualmente, o sistema de carregamento rápido possibilita uma potência de carregamento de 40 kW, permitindo que a bateria de iões de lítio atinja 80% da sua capacidade de carga em cerca de 45 minutos. Num futuro próximo, as estações de carregamento disponibilizarão uma corrente contínua que poderá alcançar os 350 kW.

Com corrente alternada, uma estação de carga poderá carregar o novo e-Crafter em aproximadamente 5 horas e 20 minutos, com uma potência máxima de 7,2 kW. Adicionalmente, um sistema de gestão de carga inteligente permite carregar frotas de maiores dimensões, precisamente quando há mais eletricidade disponível ou a custo mais baixo.

O novo eCrafter conserva o generoso compartimento de carga da motorização Diesel, que pode ascender aos 10,7 m3 e que tem uma altura interior de 1,91 m, graças à instalação do sistema de gestão das baterias de iões de lítio na estrutura inferior. Equipado com olhais de fixação e piso universal, mantém-se fiel à versatilidade que o caracteriza, oferecendo a base ideal para transformações, de acordo com as necessidades individuais.

De referir também que quase todas as situações podem ser dominadas com segurança, graças aos sistemas de assistência à condução do e-Crafter. Dispõe, de série, de vários sistemas que protegem a jornada de trabalho, como o assistente de colisão frontal “Front Assist”, com função de travagem de emergência autónoma; os sensores de proximidade que protegem as zonas laterais e traseiras do veículo; o sistema de assistência de permanência na faixa de rodagem “Lane Assist”; e o assistente de vento lateral.

O exterior oferece, entre outros componentes, os retrovisores com regulação elétrica e aquecimento, degrau traseiro integrado no para-choques e para-brisas com isolamento térmico e desembaciador. No interior temos banco duplo do passageiro, com compartimento de arrumação debaixo do assento, costas rebatíveis e mesa, iluminação no compartimento de carga com quatro pontos de LED, banco do condutor “Comfort Plus” com ajustes elétricos, apoio de braço e inserções cromadas na cabine.

Em termos de segurança, destaque para o volante multifunções, faróis de nevoeiro com luz de curva, câmara de estacionamento traseira, assistente de vento lateral, sistema de assistência de permanência na faixa de rodagem “Lane assist”, luzes de condução diurna com ativação automática dos faróis, função “Leaving home” e função manual “Coming home”, faróis principais em LED, com luz de condução diurna LED.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Qual o impacto da tecnologia na Gestão de Talento?
Marketeer