Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

SEAT produziu 22 mil carros na Argélia em 2018

A fábrica de montagem de automóveis da joint-venture SOVAC Production S.P.A, constituída pelo Grupo Volkswagen e a SOVAC, o importador do Grupo na Argélia, fechou 2018 com 53.000 automóveis montados, o triplo de 2017 (17.015).

Inaugurada em julho de 2017, a fábrica multimarca de Relizane, situada a 280 quilómetros a sudoeste de Argel, iniciou no ano passado a montagem de onze modelos novos da Audi, SEAT, ŠKODA e Volkswagen. Atualmente, o Grupo Volkswagen monta 15 modelos nesta fábrica, exclusivamente para o mercado argelino: Audi A3 Sedan, A3 Sportback e Q2; SEAT Ibiza, Arona, Leon e Ateca; ŠKODA Fabia, Octavia e Rapid; e Volkswagen Polo, Golf, Tiguan e Passat, bem como o Volkswagen Caddy.

A SEAT lidera o projeto de produção do Grupo Volkswagen na Argélia, não apenas nas questões de coordenação, mas também em relação ao volume. Em 2018, 41% da produção de Relizane correspondeu a modelos da SEAT (21.825 unidades). E a SEAT também deu um passo importante no fortalecimento da sua presença neste mercado ao iniciar em 2018 a montagem do Arona, do Leon e também da sua versão CUPRA, e do Ateca, que se somaram ao Ibiza, o primeiro modelo da marca a ser montado na fábrica de Relizane. (Em 2017, a SEAT já tinha montado 8.121 veículos na Argélia).

O Vice-presidente de Produção e Logística da SEAT, Dr. Christian Vollmer, destacou que “o balanço do primeiro ano completo de Relizane é excelente. O lançamento de 11 modelos da Audi, SEAT, ŠKODA e Volkswagen era um desafio que foi superado graças à colaboração estreita entre todas as marcas e a SOVAC. Esta fábrica multimarca é uma oportunidade para o Grupo Volkswagen ampliar a sua presença na Argélia e contribuir para o desenvolvimento da indústria automóvel do país. Para a SEAT, é também um sinal claro da estratégia e globalização que estamos a levar a cabo”.

Fábrica em crescimento

A fábrica de montagem de Relizane tem a capacidade de produzir até 360 veículos diários e, atualmente, conta com uma força de trabalho de 813 pessoas, depois de integrar 224 novos trabalhadores em 2018. Para garantir o mesmo nível de qualidade em todo o Grupo Volkswagen, especialistas das diferentes marcas deram formação a empregados argelinos localmente nas áreas de Produção, Logística e Qualidade para o lançamento de novos modelos. Além disso, quadros médios e superiores argelinos participam em programas de formação em Martorell.

O aumento do número de veículos montados na Argélia multiplicou as vendas da SEAT neste país. A marca encerrou 2018 com 18.500 veículos entregues (2017: 5.100), um valor que faz da Argélia o país com maior crescimento das vendas no último ano.

O Norte de África é uma área geográfica chave na estratégia da globalização da SEAT. A empresa espanhola foi designada em 2018 para liderar o crescimento do Grupo Volkswagen na região e tem a missão de coordenar a estratégia do Grupo e das suas marcar, identificar sinergias e promover acordos de colaboração com outras empresas. Esta decisão enquadra-se na estratégia do Grupo em descentralizar a sua estrutura com o objetivo de ganhar velocidade e eficiência.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...