Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Fomos conduzir a nova geração do Porsche Macan

A nova geração do Porsche Macan já se encontra em Portugal, com um desenho mais atual e que o aproxima dos restantes modelos da gama. Os preços começam nos 80.283 euros.

O SUV de tamanho mais compacto da Porsche foi mais um daqueles modelos que gerou controvérsia desde que chegou ao mercado, principalmente por parte dos puristas da marca que apenas têm olhos para o 911. Mas entretanto, o Macan já é responsável por mais de 350 mil vendas da Porsche em todo o globo e é atualmente o modelo mais vendido da marca. Só em Portugal, e apenas no ano passado, foram vendidas mais de 250 unidades do Macan, apesar de já se encontrar próximo da sua fase de renovação. E é justamente por causa disso que está a ler estas linhas.

A nova geração do Porsche Macan acaba de chegar ao mercado nacional, com um conjunto de modificações que o deixam ainda mais atual e com um visual mais aproximado dos restantes modelos da gama. Na secção traseira, por exemplo, a faixa que junta as duas óticas é semelhante à que conhecemos no Boxster e no Cayman, mas também no Panamera e no Cayenne, o seu irmão SUV de maior porte, sendo esta uma nova solução de design que define uma nova identidade da Porsche. As óticas em LED, dianteiras e traseiras, também têm um novo desenho e já contam com os quatro pontos de iluminação para as luzes de condução diurna, enquanto o tamanho das jantes também é agora diferente entre o eixo dianteiro e o traseiro.

No novo Macan, os para-choques também são mais desportivos, o traseiro conta com o difusor de ar integrado e pintado de negro e na zona lateral estão presentes as sideblades características deste modelo, que contam agora com um novo desenho e novas hipóteses de personalização. Aliás, a personalização foi algo a que os responsáveis da marca deram uma maior dose de atenção, com o objetivo de deixar ao alcance de cada cliente a possibilidade de ter um Macan mais ao seu gosto, e para ajudar este ponto também estão disponíveis quatro novas cores para a carroçaria como o Crayon, o Prata Dolomite, o Azul Miami e o Verde Mamba que pode ver nas imagens.

No habitáculo, o volante mais desportivo é o herdado do 918 Spyder, que já conta com o seletor rotativo dos modos de condução e a consola central recebeu uma nova arrumação, com o objetivo principal de receber o novo monitor tátil do PCM, com uma diagonal de 10,9 polegadas. É através deste sistema que podemos explorar as novas soluções de conectividade que já estão incluídas na nova geração do Macan, através de uma ligação à Cloud e à aplicação que poderá ter instalada no seu smartphone, mas também o sistema de navegação mais completo da gama e os menus totalmente em Português. O interface do utilizador é personalizável tal como acontece no Panamera ou no Cayenne, sendo possível mover os atalhos das funções e sistemas mais utilizados para a posição que preferirmos.

Em termos de motorizações, a nova gama Macan arranca com o motor de dois litros, com quatro cilindros em linha e 245 cavalos de potência. No entanto, os mais sedentos de potência poderão optar pelo Macan S, equipado com uma nova motorização de três litros, V6, sobrealimentada, com 354 cavalos de potência e 480Nm de binário. É com esta motorização que o Macan consegue superar os 100 km/h em pouco mais de cinco segundos e alcançar os 254 km/h de velocidade máxima.

O Porsche Macan e o Macan S já podem ser encomendados nos concessionários da marca, sendo que o primeiro tem um preço de 80.283 euros e o mais potente S já sobe este valor para 97.386. Em ambos os casos, trata-se de um SUV com uma precisão de condução incrível e com o qual levar os miúdos à escola poderá ser uma tarefa diária que nos obrigue a sair de casa ainda mais cedo, pensando em ir antes pelo caminho mais divertido.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...