Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Já conhece a e-volução da Jeep?

A Jeep levou até ao Salão de Genebra o novo Renegade e Compass com tecnologia elétrica híbrida plug-in.

A marca americana dá mais um importante passo em termos de evolução, relativamente ao ambiente, e de redução do custo total de propriedade, ao apresentar as novas versões híbridas plug-in (PHEV) do Renegade e do Compass.

Sob os holofotes do stand da Jeep em Genebra, estas novas versões híbridas plug-in são equipadas com baterias que podem ser carregadas numa tomada externa e, consequentemente, conseguem armazenar mais energia. Esta opção permite a utilização de motores elétricos mais potentes, traduzindo-se numa autonomia, só a eletricidade, de aproximadamente 50 quilómetros e cerca de 130 km/h de velocidade máxima tanto para o Renegade como para o Compass.

As baterias trabalham em sinergia com o novo motor turbo a gasolina 1.3 para aumentar a eficiência e a potência global. Para o Renegade, a potência situa-se entre 190 e 240 CV, proporcionando boas performances em estrada: acelera de 0-100 km/h em aproximadamente 7 segundos. São conseguidos os mesmos valores – embora ainda a aguardar homologação – pelo primeiro Compass híbrido plug-in. Também no Compass, a ação simultânea do motor de combustão interna (ICE) e do motor elétrico proporciona até 240 CV de potência máxima.

Além disso, o novo SUV Jeep com tecnologia plug-in é mais divertido de conduzir, graças à melhor aceleração e à mais rápida resposta do motor. São também extremamente silenciosos e respeitadores do ambiente, com emissões de CO2 inferiores a 50 g/km.

Mas, acima de tudo, com a energia elétrica, a gama Jeep melhora ainda mais as suas lendárias capacidades em todo o terreno, graças ao maior valor de binário oferecido pelo motor elétrico e à capacidade de o ajustar com extrema precisão durante o arranque e na condução em terrenos particularmente difíceis, onde é necessária uma relação de transmissão muito baixa.

Graças à nova tecnologia de tração integral elétrica (eAWD), a tração não é transmitida ao eixo traseiro através de um veio, mas sim através de um motor elétrico específico. Isto permite separar os dois eixos e controlar o binário de forma independente de um modo mais eficaz do que um sistema mecânico.

Os PHEV Renegade e Compass dispõem de painel de instrumentos específico e de ecrã de informação e entretenimento actualizado, de modo a apoiar o condutor com informação relativa à condução diária em modo híbrido.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...