Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

O Toyota Corolla está de volta, melhor que nunca!

Fomos conhecer a nova geração do Toyota Corolla, que já se encontra em Portugal e graças ao seu sistema híbrido, nem nos custou enfrentar as zonas mais complicadas do centro da cidade.

Corolla é um nome que já conhecemos há diversos anos. A primeira geração entrou em comercialização em meados dos anos 60 e desde essa altura já foram comercializadas mais de 45 milhões de unidades em todo o mundo, divididas por 12 gerações, caso já se conte com a que chega agora ao mercado. É uma herança muito pesada, mas que poderia ter números ainda maiores, não fosse a Toyota ter optado por trazer um tal de Auris para o mercado em vez de manter o nome Corolla em toda a sua gama de familiares.

Agora, no entanto, tudo muda. O novo Toyota Corolla vai continuar a ser um modelo global, mas com apenas uma designação, destinada a apenas um segmento, com apenas uma plataforma e sempre com o mesmo nome: Corolla. Terá três formatos de carroçaria (cinco portas, carrinha e sedan), mas com um desenho bastante moderno e desenvolvido de acordo com a nova ideia da marca de deixar de ter carros aborrecidos. E com o novo Corolla acontece justamente isso, desde o primeiro momento em que o vemos ao vivo.

Tal como nos é dito pela informação à imprensa, a base do nome Corolla continua a assentar em pontos-chave que continuam a fazer com que este seja o automóvel mais vendido em todo o mundo. Mas além da sua durabilidade, da reputação e do visual de carro familiar, o ADN Corolla agora também conta com um design mais apelativo e emocional, com um patamar de qualidade mais elevado que nunca e com um patamar de tecnologia que inclui os sistemas híbridos mais avançados e elementos como a nova plataforma TNGA.

Só esta nova plataforma é responsável por uma posição de condução melhorada e por um centro de gravidade mais baixo. A rigidez da carroçaria é superior em cerca de 60 por cento, a suspensão conta com uma fricção inferior em 40 pontos percentuais e existem agora dois sistemas híbridos atualizados, um com uma motorização de 1,8 litros a gasolina e outro com um bloco de dois litros, também a gasolina.

A primeira experiência ao volante deste modelo revelou-nos uma dose de refinamento bem mais elevada e mais evoluída, mostrando-nos que o novo Toyota Corolla está preparado para o futuro. Em termos de espaço, o Corolla também nos pareceu mais amplo que o seu antecessor e com os espaços mais otimizados, havendo uma posição de condução mais correta. No tablier, é o monitor central que ganha o maior destaque a bordo, uma vez que está responsável por conjugar a maioria dos comandos do sistema de navegação e do sistema de som que, em opção, pode ser assinado pela JBL.

O sistema híbrido continua a funcionar isento de críticas, apesar de manter a caixa de variação contínua, que nem sempre é a mais agradável de utilizar (ainda que esteja provado que é a mais eficaz para fazer parte deste sistema). Continua a ser possível circular por bastante tempo com o motor de combustão desligado e deixando a parte elétrica fazer a sua magia, enquanto nos deixamos ficar a observar a estética deste modelo em ambiente noturno nas outras unidades presentes neste evento. A assinatura visual no novo Corolla está muito mais cativante, seja na secção dianteira ou na traseira, graças à presença do novo sistema de iluminação em LED.

Em termos de preços, o valor base da nova gama Corolla são os 21.299 euros da versão Active equipada com a motorização 1.2T a gasolina e com o formato Hatchback de cinco portas. Com o mesmo motor, mas no formato mais familiar da Touring Sports, a carrinha da gama, os valores sobem para os 22.499 euros. As versões híbridas com a motorização de 1,8 litros começam nos 25.990 euros do Hatchback e nos 27.190 euros da Touring Sports, sendo necessário somar 2.870 euros se desejar a opção mais potente, com o motor de dois litros a fazer companhia ao elétrico.

O terceiro formato de carroçaria da gama Corolla é o Sedan, ou a carroçaria de três volumes. Esta foi a única que nunca deixou de se chamar Corolla, mesmo enquanto o Auris esteve em comercialização, e apesar do seu formato mais clássico, também recebeu o mesmo visual moderno e futurista que caracteriza a nova gama Corolla. Está disponível em três níveis de equipamento (Comfort, Exclusive e Luxury) e apenas com a motorização híbrida com o motor de 1,8 litros. Os preços do Corolla Sedan começam nos 28.250 euros e não, nada de motorizações diesel nesta nova gama Corolla.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...