Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Quase, quase: Suzuki Jimny perto de chegar à unidade 3 milhões

Suzuki Jimny está perto de alcançar os três milhões de unidades produzidas desde a sua estreia em 1970.

Uma unidade da sua 4.ª geração, lançada em finais de 2018, será o Jimny três milhões a sair de uma fábrica da marca. Espanha é um dos países que mais contribuíram para o alcançar destes números históricos, pois nada menos que 215.803 unidades deste modelo foram fabricadas na fábrica da Suzuki em Linares, entre os anos 1985 e 2003.

Entre 1971 e 1980 foi fabricada a primeira geração do pequeno todo-o-terreno japonês. O conceito inicial era tão simples quanto inovador: “um mini-automóvel 4×4 que pode rolar por estradas difíceis e chegar a lugares onde os automóveis, no passado, não podiam ir”.

Assim foi como nasceu o Jimny da série LJ 10, o primeiro veículo 4WD da Suzuki que também se tornou no primeiro todo-o-terreno de tamanho mini, rompendo a tradição de um segmento acostumado aos veículos de grandes dimensões e elevadas cilindradas. Aquele veículo pioneiro foi vendido em 109 países, entre o LJ10 e as suas posteriores evoluções, os LJ20, LJ50 e LJ80.

Em 1981 chegou ao mercado a renovação do Jimny com uma segunda geração, que se manteve no mercado até 1998. Em plena efervescência de popularidade dos veículos de todo-o-terreno, a Suzuki deu um novo impulso ao seu mini 4×4 com a chegada do modelo SJ410 destinado ao mercado japonês, que, em 1984, daria lugar ao SJ413 para o mercado global.

O segundo Jimny trouxe uma imagem mais urbana e uma maior polivalência no asfalto, sem nada perder da sua competência off-road. Durante estes anos, o Jimny teve variantes pick-up, versões com teto de lona e modelos com distância entre eixos longa, além de de receber uma amplia variedade de nomes, como Samurai, Caribian e Sierra, em vários países e regiões do mundo.

Maiores dimensões, mais conforto e mais versatilidade, no asfalto e fora dele: estas foram as chaves da terceira geração do Suzuki Jimny, apresentada em 1998 e que se manteve até ao ano de 2018. Com uma aparência mais arredondada, o Jimny conseguiu manter-se durante duas décadas como um veículo robusto nos terrenos mais exigentes, ao mesmo tempo que constituía uma alternativa perfeita aos citadinos compactos.

Pequeno, leve, com mais espaço interior, um melhor conforto de rolamento e com um novo sistema de tração 4WD que permitia passar para 2WD sem necessidade de parar o veículo, a terceira geração aflorou o milhão de unidades produzidas.

Desde que foram revelados as suas primeiras imagens e dados técnicos, em julho de 2018, a quarta geração do Suzuki Jimny causou grande impacto a nível mundial. A nova geração deste emblemático modelo reinterpreta as formas dos seus predecessores, com linhas modernas que trazem para o século XXI a “essência Jimny”. E também mantém o espírito dos seus antecessores e o seu conceito de ser um “4×4 pequeno e eleve sem igual”.

As datas fundamentais

1968.  Desenvolvimento do primeiro protótipo do que hoje conhecemos como Suzuki Jimny. O LJ10 foi submetido a duros testes para apurar as suas capacidades todo-o-terreno.

1970. É posto à venda Suzuki LJ10, primeira geração do Jimny. Trata-se de um pequeno 4×4 com um motor a dois tempos de 360 cc, dois cilindros e refrigeração a ar, que oferecia 25 cv. Apenas estava disponível no Japão.

1975. O Suzuki LJ50 torna-se no primeiro Jimny comercializado a nível internacional, iniciando a sua expansão na Austrália, com um motor mais potente de três cilindros, com 550 cc e refrigeração por água. Este modelo passou ainda à história, também em 1975, como o primeiro veículo da Suzuki a ser produzido fora do Japão, na fábrica do Paquistão.

1978. A expansão do Suzuki Jimny alcançou a Europa em 1978, quando o último modelo da série LJ, o LJ80, chegou à Holanda para, depois, estender-se por grande parte dos países europeus.

1981. Termina o fabrico da primeira geração do Jimny, que alcançou as 243 000 unidades produzidas. Nasce a segunda geração do Jimny com o Suzuki SJ410. Este modelo chegou à India, com o Suzuki Maruti Gypsy, e foi o primeiro veículo vendido nos Estados Unidos sob a marca Suzuki, com a denominação de Suzuki Samurai.

1984. É lançado o Suzuki SJ413, com a ambição de competir no mercado global. A popularidade deste modelo a nível global cresceu tão rapidamente que, dos 10 000 veículos que se produziam mensalmente no Japão, 7000 eram exportados.

1985. É fabricado em Espanha o primeiro Suzuki Jimny, na fábrica da marca em Linares.  Entre 1985 e 2003 foram produzidas 215 803 unidades deste modelo no país vizinho.

1987. O Jimny alcança o primeiro milhão de unidades produzidas.  As diferentes versões deste popular todo-o-terreno são comercializadas em mais de 100 países.

1998. É colocado um final na produção da segunda geração do Jimny, cujas vendas acumuladas alcançaram 1 693 000 unidades. É lançada a terceira geração, que mantém o seu carácter off-road, mas com superiores níveis de conforto e uma maior estabilidade e eficácia em estrada.

2001. Em fevereiro são alcançados os 2 milhões de unidades produzidas. Do total de vendas, 557 000 unidades tinham sido comercializadas no mercado japonês, e as 1 443 000 restantes nos mercados internacionais.

2017. Termina a produção da terceira geração do Jimny, cujas vendas acumuladas alcançaram as 918 000 unidades. As três primeiras gerações do Jimny somam, no seu conjunto, 2 854 000 unidades vendidas em todo o mundo.

2018. Lançamento da quarta geração do Jimny. Este modelo é comercializado em 194 países e está a um passo de levar o Jimny aos 3 milhões de unidades produzidas.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Quantas faltas justificadas pode dar no trabalho?
Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players