Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ensaio: Smart EQ Fortwo Edition Nightsky – Ferramenta Urbana

A série especial Nightsky Edition do pequeno Smart Fortwo deixa-o com um visual um pouco mais agressivo e pronto para a guerrilha urbana.

Se tivéssemos de escolher um único carro para assaltar as ruas mais complicadas da cidade, nas horas em que há mais trânsito, o Smart Fortwo era bem capaz de se encontrar no topo das escolhas e com as condições ideais de carregamento, a versão EQ seria a melhor escolha. O pequeno Smart elétrico é divertido e ágil de conduzir em cidade e consegue-se estacionar em qualquer canto. E para aqueles que gostam de um automóvel com um visual mais desportivo, a Smart também tem uma boa solução, tal como esta edição Nightsky que adiciona alguns componentes da Brabus ao equipamento do Fortwo, deixando-o mais agressivo.

Os primeiros elementos que identificamos de imediato são os para-choques (dianteiro e traseiro) mais desportivos, bem como as saias laterais e as jantes de liga leve de 16 polegadas. Em todos estes e nas capas dos espelhos está também presente um tom de azul Pacific, que contrasta com o negro brilhante da célula de segurança Tridion e dos painéis da carroçaria.

No habitáculo, há tapetes personalizados, um comando da caixa de velocidades personalizado com o logotipo smart EQ fortwo e elementos como o punho do travão de mão em alumínio, pedais com capas metálicas em aço e as soleiras iluminadas, tudo com o logotipo da Brabus. E para completar o conjunto, o aro em torno da instrumentação, das saídas da ventilação e do mostrador adicional da carga do sistema elétrico também estão pintados no mesmo tom de azul que encontramos nos detalhes da carroçaria.

O Smart Fortwo fica assim com um visual mais exclusivo e personalizado, capaz de melhorar a sua experiência de condução, nem que seja apenas porque nos cativa mais facilmente desde o primeiro momento. De resto, não existem grandes alterações ao sistema elétrico e continuam presentes os mesmos 160 quilómetros de autonomia, que têm a vantagem de se poderem recuperar em pouco tempo, mesmo num carregador mais convencional. Não nos deixa desligar o pensamento da manobra de carregamento, mas faz-nos ter alguma confiança quando não saímos da cidade, uma vez que consegue aproveitar todo e qualquer metro de desaceleração para recuperar energia e encaminhá-la para a bateria.

Da lista de equipamento destacamos o sistema de ar condicionado e o sistema de som que inclui a possibilidade de se ligar diretamente ao telemóvel através dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto e até nos faz dispensar o sistema de navegação do Smart EQ Fortwo.

Claro que depois de tudo isto há um outro argumento que rebenta completamente com os pratos da balança. Aliás, este é daqueles que é mesmo capaz de rebentar com a própria balança. Trata-se do preço de venda ao público deste pequeno Smart Fortwo. Sem qualquer extra adicionado e mesmo com o facto de estar isento do pagamento de ISV por se tratar de um automóvel elétrico, o pequeno Fortwo EQ conta com um preço de venda ao público acima dos 23.500 euros. Mas se adicionarmos os extras presentes na unidade ensaiada, que é uma edição especial que inclui até alguns componentes da Brabus, o Smart EQ Fortwo Nightsky Edition fica com um valor final de 28.657 euros, o que coloca sérias e complicadas dúvidas na cabeça de quem já anda de bloco e caneta a fazer contas para saber se a aquisição de um automóvel elétrico é mesmo a melhor escolha que poderá fazer. É dos automóveis elétricos mais baratos do mercado, mas o seu valor final consegue-nos deixar a pensar se já será a altura certa para investir num modelo deste género.

VEREDICTO

O pequeno Smart Fortwo EQ é uma das ferramentas mais incríveis jamais criadas para circular em cidade. Consegue-se estacionar em praticamente todo o lado, desenvencilha-se em qualquer zona mais complicada e ainda tem a vantagem de incluir um sistema elétrico de capacidade mais reduzida, que se consegue carregar rapidamente, até numa tomada mais convencional. A versão Nightsky é uma das formas mais apetecíveis de o adquirir, num contexto: “já que vamos investir num modelo elétrico, porque não fazê-lo em grande estilo?”. Ou seja, com elementos da Brabus que o deixam com um visual digno de um filme do Star Wars.

FICHA TÉCNICA

smart EQ fortwo edition nightsky

MOTOR: elétrico síncrono; Potência máxima (cv/rpm): 82/1.450; Binário máximo (Nm/rpm): 160/n.d.;
TRANSMISSÃO: Tração traseira; Caixa automática de relação única; Suspensão (fr./tr.): Independente, tipo McPherson; Eixo rígido DeDion;
DIMENSÕES: Comprimento/Largura/Altura (mm): 2.695/1.663/1.555; Distância entre eixos (mm): 1.873; Largura de vias (fr./tr.) (mm): 1.469/1.430; Travões (fr./tr.) Discos vent./Tambores; Peso (kg): 1.010; Capacidade da bagageira (l): 260; Depósito de combustível (l): n.d.; Pneus (fr./tr.): 185/50 R16/205/45 R16;
PRESTAÇÕES: Aceleração de 0-100 km/h (s) 11,5; velocidade máxima (km/h) 130;
CONSUMOS: Combinado (kWh/100 km): 18; Emissões de CO2 (g/km) n.d.; Autonomia (km): 160 (NEDC);

PREÇO (versão base): 23.522 euros; PREÇO (unidade ensaiada): 28.658 euros

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...