Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

O que já sabemos sobre o novo Peugeot 2008

A nova geração do Peugeot 2008, que crescerá até aos 4,30 metros de comprimento e terá uma versão elétrica, deverá chegar aos mercados no princípio de 2020.

O grande rival do Renault Captur terá como base a mesma plataforma CMP do novo 208 e, como tal, contará com uma variante totalmente elétrica: o e-2008.

O crescimento para os 4,30 metros de comprimento será especialmente notado no habitáculo, na bagageira (que deverá ultrapassar os 400 litros) e no exterior. Em termos de design, carroçaria elevada e zona frontal mais agressiva.

No interior, além de mais espaço para os passageiros (e bagageira) o destaque vai para a inclusão da última geração do sistema i-Cockpit da Peugeot com ecrã digital de 10 polegadas atrás do volante e um segundo ecrã tátil central (de 7 ou 10 polegadas, de acordo com a versão) para o sistema de infoentretenimento.

Em termos de motorizações, a próxima gama do 2008 será composta por motores a gasolina e Diesel com potências a variar entre os 100 e os 155 CV, conforme a caixa – automática ou EAT8 de oito velocidades.

Mas a maior novidade será mesmo a versão e-2008 – a primeira 100% elétrica da gama – que contará com uma potência máxima de 136 CV (100 kW) e baterias CATL de 50 kWh que permitirão uma autonomia a rondar os 320 quilómetros com uma só carga.

O equipamento da nova gama 2008 será bem completo, incluindo elementos como o assistente de estacionamento, sistema de cruise control adaptativo com função Stop&Go nas versões automáticas, sistema de assistência de manutenção da faixa de rodagem, sistema de travagem automática de emergência com deteção de peões e ciclistas, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito e o inovador sistema Smart Access de abertura sem chave.

O novo 2008 deverá estar disponível a partir de janeiro de 2020 por um preço base de 22.500 euros (no mercado francês) – a versão elétrica partirá dos 35.000 euros.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...