Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Cartografia da Apple anda a passear por Lisboa

Os serviços de cartografia da Apple também usam automóveis estranhos para fotografar todas as ruas e estradas possíveis, mas o da Apple, hoje, anda por Lisboa.

Já lá vai o tempo em que a cartografia se traduzia apenas no mapa dobrado que tínhamos enfiado no porta-luvas do carro. Os mapas digitais já são uma realidade há alguns anos e a função Street View, permite-nos mesmo passear pelas mais variadas ruas que estão disponíveis. Esta última é composta por diversas imagens, que se juntam com o objetivo de formar um ambiente que nos permite descobrir diversos locais como se estivéssemos mesmo lá. Para isso, no entanto, estas fotografias têm de ser captadas de alguma forma e é aí que entram estes veículos estranhos que vemos muito de vez em quando.

Hoje passámos por um dos muitos automóveis que captam imagens para o sistema da Apple, acessível através de todos os iPhone, iPad e computadores com o browser Safari, nativo da Apple. Trata-se de um Subaru Impreza, com uma estranha cúpula instalada no tejadilho. Esta é composta por diversas lentes, que vão tirando fotografias de 360 graus à medida que o carro vai andando. Nesta torre instalada no tejadilho, estão também presentes diversos radares de posicionamento que, através de GPS, indicam precisamente a zona em que cada uma das imagens foi tirada e na roda traseira do lado esquerdo, está um mecanismo ligado diretamente à roda do carro, que ajuda a determinar toda e qualquer distância percorrida.

A presença desde carro em Lisboa está de acordo com as informações divulgadas pela Apple, quando um dos seus responsáveis referiu que estava para breve uma enorme atualização da sua aplicação de Mapas, sendo que um dos seus principais objetivos era poder contar com as suas próprias imagens no terreno, em vez de depender das imagens de terceiros.

Será essa a principal razão porque vimos hoje este Subaru a entrar em Lisboa, pelo que é muito provável que o veja a circular pelas ruas da capital. Se o vir, acene. Talvez mais tarde venha a recordar esse momento na palma da sua mão.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...