Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

McLaren Grand Touring, destinado a uma rotina alternativa

A McLaren apresentou a versão final do seu Grand Touring, um modelo com uma abordagem diferente do habitual e que dá mais destaque a uma utilização diária.

Tal como prometido aqui há uns dias, através de um teaser divulgado no YouTube, a McLaren apresentou o seu novo Grand Touring. Este novo modelo usa alguns dos pergaminhos do Speedtail, apostando forte na redução de peso, numa aerodinâmica quase perfeita e numa estética deslumbrante, que inicia uma nova fase para a marca inglesa, destinada a clientes com diferentes ambições num automóvel desportivo. O mais recente modelo da marca aposta no conforto e na facilidade de conseguir percorrer diversos quilómetros com alguma facilidade e sem ter de deixar metade das bagagens em casa. E segundo o vídeo divulgado pela própria McLaren, por vezes, por caminhos que podem nem sequer incluir asfalto.

Afinal, a bordo, há dois lugares com bastante espaço, um sistema de infoentretenimento de elevada gama com a assinatura da Bowers & Wilkins, com informações de trânsito em tempo real e navegação, mas também a capacidade de poder transportar 570 litros de bagagem, o suficiente para algumas malas, sacos de golfe e até esquis. A suspensão foi afinada com o objetivo de lidar com a maioria das irregularidades do piso em ambientes mais urbanos, ao mesmo tempo que oferece uma qualidade de vida a bordo mais refinada, em paralelo com uma direção assistida mais simples e mais vocacionada para manobras e um sistema de travagem também ele mais refinado e preparado para uma utilização mais prática.

Ainda assim, não é por isso que este modelo deixa de ser um McLaren capaz de oferecer o máximo prazer de condução mesmo aos mais exigentes. É justamente por isso que continua presente uma estrutura em fibra de carbono com painéis de carroçaria em alumínio, que ajudam a reduzir o peso final de todo o conjunto e uma motorização V8 biturbo de quatro litros com 620 cavalos de potência e um binário de 630Nm, disponíveis numa faixa de regimes bastante ampla. A afinação deste V8 foi também pensada para uma utilização mais convencional e rotineira, mas consegue oferecer um excelente desempenho nas acelerações e nas viagens mais longas de autoestrada, de preferência naquelas em que não existe qualquer tipo de limite. É que, segundo os valores declarados pela marca, o Grand Touring consegue acelerar até aos 100 km/h em 3,2 segundos e até aos 200 km/h em apenas nove segundos. A velocidade máxima é de 326 km/h.

As encomendas do Gran Touring já começaram, com os preços a começar em torno das 163 mil libras no Reino Unido, ou seja, cerca de 190 mil euros. As primeiras unidades deste modelo deverão começar a ser entregues aos clientes ainda no final deste ano.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...