Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mini Clubman e Countryman JCW em sessão fotográfica no Circuito do Estoril

As versões mais desportivas dos Mini Clubman e Countryman contam com mais de 300 cavalos e estão prestes a chegar ao mercado. A sessão fotográfica decorreu no Autódromo do Estoril.

A Mini tem andado com um ritmo menos exuberante em termos de novidades, quando comparada com o que fazia aqui há meia-dúzia de anos, mas hoje é um dia em que volta a surgir um nome bastante importante para a marca. Hoje, é o dia de conhecermos as novas versões John Cooper Works das gamas Clubman e Countryman, fotografadas no nosso querido Autódromo do Estoril.

São as duas opções mais familiares da gama Mini, mas não é por isso que têm de ser menos interessantes. E é justamente por isso que também elas têm direito à versão John Cooper Works, que agora conta com uma motorização com mais de 300 cavalos de potência. O bloco de apenas quatro cilindros e dois litros de capacidade recorre à tecnologia TwinPower Turbo da BMW e da Mini para conseguir obter uma potência máxima de 306 cavalos, mais 75 do que na sua versão anterior, e o binário máximo chega agora aos 450Nm.

Em termos de prestações, o novo Mini Clubman JCW declara uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 4,9 segundos, sendo necessárias mais duas décimas para o Countryman faça o mesmo exercício. Ainda assim, são quase dois segundos de diferença face aos seus antecessores. Comum a ambos é a presença da caixa de velocidades automática Steptronic de oito relações, especialmente afinada para esta versão e o diferencial mecânico dianteiro autoblocante que ajuda o sistema de tração integral ALL4 a oferecer uma dinâmica mais desportiva e adequada à versão mais radical da gama Mini.

Além de tudo isto, as novas versões JCW dos Mini Clubman e Countryman contam ainda com um novo sistema de arrefecimento inspirado nos usados nos modelos de competição e um sistema de escape mais desportivo com uma sonoridade mais cativante, mas que mantem as emissões num patamar capaz de cumprir as normas Euro 6d. O chassis também tem uma afinação especifica para estas versões, aliada a uma maior rigidez da carroçaria e está também presente um sistema de travagem mais potente, que tem a missão de lidar com as prestações mais elevadas desta nova motorização.

Em termos visuais, as novas versões com a assinatura da John Cooper Works não dispensam a presença das diversas aplicações em vermelho ou mesmo o tejadilho e as capas dos espelhos no mesmo tom. Estão presentes diversos logos que identificam esta versão e nas óticas traseiras em LED também está presente a Union Jack, inserida na última atualização destas gamas. O habitáculo conta igualmente com um visual mais desportivo, graças à presença dos assentos mais desportivos e da imagem mais arrojada e que também não dispensa algumas aplicações ou costuras em tom vermelho.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...