Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Oficial: FCA propõe fusão com a Renault

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) oficializou esta segunda-feira um plano de fusão com a Renault, por forma a criar o terceiro maior grupo global do setor automóvel.

De acordo com a proposta feita pela FCA – e confirmada pela Renault -, o novo grupo automóvel seria detido em 50% pelos acionistas da fabricante italo-americana e em 50% pelos da Renault.

A proposta prevê ainda que o novo grupo seja cotado nas bolsas de Paris, Nova Iorque e Milão – desde que a proposta foi divulgada, as ações da FCA e Renault nas bolsas europeias subiram 12%.

O novo grupo automóvel teria cerca de 37 mil milhões de dólares de valor de mercado e fabricaria nove milhões de veículos, ficando atrás apenas da alemã Volskwagen e da japonesa Toyota. A grande dúvida que se coloca é o que acontecerá às japonesas Nissan e Mitsubishi, parceiras da Renault há 20 anos – se forem incluídas no negócio, o novo grupo chegará aos 15 milhões de veículos produzidos, tornando-se definitivamente como líder global.

Entretanto, o conselho de administração da Renault anunciou que irá reunir-se ainda hoje para estudar a oferta de fusão. “Será emitido um comunicado de imprensa após esta reunião”, esclareceu a empresa francesa.

A Fiat Chrysler apontou que a fusão criaria a terceira maior fabricante do mundo – com vendas anuais de 8,7 milhões de veículos e uma “forte presença em regiões e segmentos importantes” -, e assegurou que não implicaria qualquer encerramento de fábricas de produção.

O conselho de administração do novo grupo seria composto principalmente por membros independentes.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...