Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Jeep revela versões mais radicais do Compass e Cherokee

A Jeep escolheu as margens do Lago de Garda, no norte de Itália, para apresentar as versões Trailhawk dos Compass e Cherokee, assim como o novo Renegade híbrido plug-in (PHEV).

Para apresentar toda a gama e as mais recentes novidades, a marca americana escolheu as margens do Lago de Garda, em Itália. O evento celebra o lado inesperado dos SUV Jeep: o lado que oferece mais conforto e performances capazes de aumentarem o prazer de condução nas normais deslocações quotidianas.

Jeep Compass Trailhawk

O Compass Trailhawk passa a ser a variante mais radical do Compass graças ao equipamento específico para condução em fora de estrada que inclui o sistema 4×4 Jeep Active Drive Low, com relação de redução de 20:1 no exclusivo modo Selec-Terrain Rock.

Debaixo do capot, um motor Diesel 2.0 MultiJet II de quatro cilindros com 170 CV de potência e 380 Nm de binário máximo acoplado a uma caixa automática de nove velocidades. A aceleração dos 0 aos 100 km/h realiza-se em 9,5 segundos e a velocidade máxima atinge os 184 km/h. Quanto aos consumos, a Jeep fala num ciclo combinado de 6,6 litros.

Destaque também para as novas proteções em plástico nos pára-choques e nas cavas das rodas, jantes de 17 polegadas e uma saída de escape cromada. No interior, costuras vermelhas nos bancos que contam com regulação eléctrica do apoio lombar, painel TFT de 7 polegadas a cores e sistema Uconnect de 8,4 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

Nova gama Compass

A introdução do nível de equipamento do Trailhawk foi acompanhada pelo lançamento no mercado da gama de 2019 do Compass, que ganhou novos motores a gasolina e Diesel (atualizados para cumprir as normas Euro 6D-Temp ) e cujo sistema de Uconnect de 8,4 polegadas é agora oferecido de série a partir do nível de equipamento Longitude.

Disponível nas habituais variantes Sport, Longitude e Limited, o Compass passa agora a contar com a Trailhawk, NightEagle e S (a variante mais desportiva).

A gama de motores a gasolina é formada pelo MultiAir2 1.4 Turbo de 140 CV de potência e 230 Nm de binário, acoplado a uma caixa manual de seis velocidades e com configuração 4×2, e pelo MultiAir2 1.4 Turo com 170 CV de potência e 250 Nm de binário, acoplado a uma caixa automática de nove velocidades.

Já a gama Diesel é composta pelo 1.6 MultiJet II com 120 CV e 320 Nm de binário (caixa manual de seis velocidades e tracção 4×2), pelo 2.0 MultiJet II com 140 CV de potência e 350 Nm (caixa manual de seis ou automática de nove com tracção 4×4) e pelo 2.0 MultiJet II com 170 CV e 380 Nm (caixa automática de nove velocidades e tracção 4×4) que equipa a versão Trailhawk.

Jeep Cherokee Trailhawk

A Jeep também aproveitou o momento para apresentar a versão Trailhawk do Cherokee, que já tinha revelado no último Salão de Genebra.

Esta versão aventureira do Cherokee completa a família do SUV de dimensões médias da Jeep e reforça o DNA “off-road” desta proposta. Esta novidade ganha ainda maior destaque pelo facto do Cherokee ter sido pioneiro, em 2014, das versões Trailhawk, a que se seguiu o Renegade, o Grand Cherokee e (agora) o Compass.

O visual mais agressivo é garantido pelas proteções em plástico nos pára-choques e nas cavas das rodas, pelas exclusivas faixas dianteira e traseira, pelas placas de proteção inferiores e pelo aumento de 2 cm da distância ao solo.

A alimentar o Cherokee Trailhawk está o novo motor a gasolina de 2.0 litros turbo que produz 272 CV de potência e 400 Nm de binário máximo que surge associado a uma caixa automática de nove velocidades. Estes números permitem acelerações dos 0 aos 100 km/h em 7,6 segundos e uma velocidade máxima de 177 km/h. A Jeep reivindica consumos combinados na ordem dos 9,4 litros por cada 100 quilómetros.

Jeep Renegade PHEV

Destaque ainda para a apresentação de um Jeep Renegade personalizado com conteúdos selecionados entre os mais de 130 acessórios desenvolvidos para o modelo pela Mopar, a marca dedicada aos produtos e serviços disponibilizados em pós-venda para todos os veículos do grupo FCA.

Esta versão ostenta o emblema da Jeep Performance Parts (JPP), assim como placas de proteção da transmissão, placas de proteção inferiores laterais, palas de lama posteriores e exclusivo kit de pedais. A personalização é ainda realçada por frisos laterais, jantes em liga de 19″, embaladeira traseira e molduras no defletor dianteiro e no interior.

O Jeep Renegade oferece outras novidades: o novo motor 1.3 Turbo T4 de 180 CV com transmissão automática de nove velocidades e tração às quatro rodas, a nova série especial S e a estreia da variante híbrida plug-in (PHEV) .

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
APG e ABRH assinam acordo de cooperação
Marketeer
Escape Game Week: jogos de fuga com descontos até 50%