Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Porsche aumenta as vendas em 2% na primeira metade do ano

No primeiro semestre de 2019, a Porsche AG entregou 133.484 automóveis a nível mundial – um aumento de 2% quando comparado com o período homólogo do ano passado.

Nos primeiros seis meses de 2019 foram entregues 41.725 Cayenne, que, com um crescimento de 45%, se assume como um verdadeiro sucesso comercial. O Cayenne passou a estar disponível em todos os mercados no início de 2019, enquanto a variante Coupé começou a chegar aos Centros Porsche em maio.

A nível mundial o modelo de maior sucesso da gama Porsche continua a ser o Macan, com 47.367 unidades entregues a clientes desde o começo do ano.

“Na Europa, como esperado, no segundo trimestre ainda sentimos os efeitos secundários da mudança para o WLTP e da adoção de filtros de partículas nos modelos a gasolina“, afirmou Detlev von Platen, membro do conselho executivo de vendas e marketing na Porsche AG.

“O que torna ainda mais gratificante o crescimento na China e nos E.U.A., os dois maiores mercados mundiais – e isto apesar da propensão generalizada de queda nestes dois países. Esta tendência ascendente também é influenciada pelo crescimento da popularidade dos Coupés de duas portas, em particular na China”, concluiu o responsável.

Crescimento na Ásia e América do Norte

A Porsche atingiu, no final de junho, um crescimento de 28% no mercado chinês. Nas regiões da Ásia-Pacífico, África e Médio Oriente, o número de unidades entregues subiu para 57.397, o que representa um crescimento de 20% face ao período homólogo de 2018.

Nos EUA, a Porsche também conseguiu consolidar a sua posição na primeira metade do ano, com um crescimento de 3%, que se traduz nas 30.257 unidades entregues a clientes.

“Depois de um primeiro trimestre abaixo do alcançado o ano passado, estamos novamente no bom caminho e esperamos chegar ao final do ano com um crescimento face a 2018”, explicou Detlev von Platen.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus