Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

A primeira corrida de automóveis aconteceu há 125 anos

Foi no dia 22 de julho de 1894 que teve lugar o evento a que podemos chamar a primeira corrida de automóveis desde sempre.

As corridas de automóveis são algo bastante comum nos dias que correm. Há inúmeras categorias e modelos, com variados tipos de combustível, prémios, destinos, distâncias e muitas outras formas de fazer uma corrida. Muitas mais do que há 125 anos, segundo a Mercedes-Benz. E se pensarmos na forma como os automóveis que participam nas mais variadas competições evoluíram até ao Mercedes EQ Silver Arrow 01, é fácil perceber que se trata de uma longa história. Uma com o título “125 Years of Motorsports by Mercedes-Benz” e aqui lhe apresentamos apenas um pequeno excerto.

O automóvel tinha sido inventado há menos de uma década e ainda não existiam muitos modelos em circulação, mas numa tarde de verão nos arredores de Paris, a pergunta que estava no ar era a tradicional: “quem vai ganhar?”.

O percurso entre Neuilly-sur-Seine e Rouen tinha cerca de 126 quilómetros e estava destinada a avaliar a rapidez e a fiabilidade dos 21 automóveis presentes, seis movidos a vapor e 15 com motores de combustão, sendo que destes últimos, nove automóveis estavam equipados com o “moderno” motor desenvolvido por Daimler.

Com um público a rondar as 30 mil pessoas, o primeiro carro a arrancar da linha de partida foi um deDion a vapor, às oito horas e um minuto. Os restantes participantes arrancaram com intervalos de 30 segundos com o objetivo de percorrer os mais de 120 quilómetros do trajeto.

Passadas cinco horas e 40 minutos, o primeiro modelo a chegar ao destino foi o De Dion-Bouton a vapor do Conde Jules-Albert de Dion, mas como o veículo não cumpriu com todas as regras da competição, o prémio de cinco mil francos acabou por ser dividido entre os construtores Peugeot e Panhard & Levassor. Ambos cruzaram a meta em Rouen apenas uns minutos depois do de Dion a vapor e ambos estavam equipados com um motor Daimler de dois cilindros em V com uma potência de 3,5 cavalos, contruído sob a licença da Panhard & Levassor.

Desde este dia até à atualidade, a história destes 125 anos de competição automóvel tem um conteúdo interminável e cheio de aventuras, que deixam a Mercedes-Benz como uma das marcas mais enigmáticas do mundo automóvel.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
APG e ABRH assinam acordo de cooperação
Marketeer
Escape Game Week: jogos de fuga com descontos até 50%