Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mulheres ao volante: Ensaio Lexus NX 300h – familiarmente desportivo

Dinamismo, segurança e conforto são alguns dos predicados que fazem deste SUV híbrido premium da Lexus uma boa opção familiar… mas também para desfrutar a solo.

Por Helena Rua

Lançado pela primeira vez em 2014, o SUV NX tem ajudado a impulsionar as vendas da Lexus, tendo sido por isso merecedor de um facelift exterior e interior em 2018, que lhe conferiu um visual mais poderoso.

A grelha fusiforme da Lexus conquista desde o início pelo aspecto desportivo e simultaneamente agressivo, algo que o NX 300h exibe na perfeição graças à imponência deste crossover da marca nipónica, acentuada pelas entradas de ar laterais inclinadas.

Na traseira, a parte inferior do pára-choques ganhou elementos da grelha fusiforme, ampliando a sensação de largura do NX 300h e do seu baixo centro de gravidade. Os novos grupos ópticos traseiros têm uma forma alongada com uma aplicação escurecida que destaca as lentes em forma de L.

As unidades de faróis de LED têm uma nova disposição interna para acomodar o Sistema de Máximos Automático (AHS), que integra o conjunto de sistemas designado Lexus Safety System +. Neste âmbito, nada foi deixado ao acaso no apoio à condução.

Dispõe de uma série de funcionalidades de segurança activa e de assistência ao condutor, incluindo um Sistema de Segurança Pré-colisão (PCS), Cruise Control Adaptativo (ACC), Sistema de Alerta à Mudança da Faixa de Rodagem (LDA) e Reconhecimento dos Sinais de Trânsito (RSA). Está igualmente disponível um sistema Inteligente de Sensores de Estacionamento, bem útil dada a sua dimensão.

Para “puxar” o NX 300h – a gama inclui as versões Luxury: FSport+ e FSport, Executive+, Executive e Business –, a Lexus optou por um motor de quatro cilindros com 2.5 litros de cilindrada, alimentado a gasolina e ligado a um motor eléctrico, com uma potência conjunta de 197 cv. Embora demore 9,3 segundos dos 0 aos 100km/h, não sendo por isso excepcionalmente rápido, é preciso não esquecer que tem uns generosos 4,63 m de comprimento, 1,845 m de largura e 1,645 m de altura, apoiados por tracção integral, vantajosa em piso molhado ou fora de estrada. Também útil é o Lexus Drive Mode Select que disponibiliza diferentes tipos de condução: Eco, Normal, Sport ou Sport +. Nos modos Eco e Sport, os que mais utilizei na cidade e auto-estrada, o NX gastou cerca de 6,4 litros aos 100km/h.

Em qualquer deles, reina a suavidade e o silêncio na condução, embora a caixa de velocidades automática de variação contínua reaja com ruído quando o pé pressiona mais a fundo o acelerador.

Habitáculo de luxo

Se a estética e o desempenho são mais-valias neste SUV híbrido da Lexus, o conforto não lhe fica atrás: os bancos traseiros fizeram sucesso junto do jovem passageiro transportado que afirmou nunca ter andado “num carro tão confortável”.
A bagageira, com capacidade para 555 litros, é bem espaçosa, assim como o habitáculo, que conta com bancos em pele F Sport (na versão ensaiada) – os dianteiros, além de aquecidos, têm oito posições de ajuste eléctrico. O NX está, aliás, repleto de tecnologia, ou não fosse a sua origem japonesa. Uma das mudanças mais marcantes da renovação deste SUV é o aumento do tamanho do ecrã multimédia central, que passou de 7 para 10,3 polegadas e que conta com o sistema Lexus Premium Navigation, e do touch pad de última geração, com um tamanho maior para uma utilização mais fácil, localizado na consola central. Conectar o smartphone ao sistema é bastante simples e os comandos para fazer ou receber chamadas, além de estarem à mão no volante, funcionam na perfeição em alta-voz.

Também o painel de controlo da climatização na consola central está agora mais ergonómico com uma série de comandos a serem substituídos por quatro comutadores fáceis de operar.

A zona de descanso para as mãos foi também remodelada para proporcionar um melhor suporte para o pulso e a zona de carregamento sem fios é agora mais larga e comprida para receber telemóveis maiores.

Para finalizar, na consola central há um pequeno espelho de mão, um detalhe que reflecte a preocupação desta marca premium com a estética. Por tudo isto, o que já era bom ficou ainda melhor.

PVP: a partir de 55.822 euros

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
APG e ABRH assinam acordo de cooperação
Marketeer
Ericeira Surf & Skate embarca em interrail