Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Saiba como legalizar o tamanho das jantes especiais do seu carro

Seja por razões estéticas ou para uma melhor condução, muitos são os automobilistas que pretendem alterar o tamanho das jantes do carro.

A homologação de novas medidas de jantes e está prevista na legislação portuguesa, contudo os passos a dar podem ser diferentes consoante as indicações no Documento Único Automóvel.

O pedido de averbamento da nova medida de pneumáticos e jantes implica o recurso ao Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT). É esta entidade que concede a autorização para a modificação pretendida.

O processo poderá ser simples caso as dimensões estejam previstas para o automóvel em causa, ou mais moroso nos casos excepcionais.

Caso as medidas novas estejam averbadas no Documento Único Automóvel (DUA):

Deverá recorrer ao IMT para pedir o averbamento dos novos pneumáticos. Pode fazê-lo através dos centros regionais e distritais ou dos serviços online do Instituto. Tratar pela Internet tem algumas vantagens, tais como não ser necessário enviar formulários, assim como um desconto de 10% sobre a taxa aplciada nos balcões (30€).

Aceda ao website do IMT e selecione o separador ‘Veículos’ e depois ‘Alteração de Características’. Pode pedir ‘Ajuda’ no canto superior direito do ecrã. Não se esqueça de confirmar que as dimensões dos pneus que pretende estão discriminadas nas anotações especiais. Se não estiverem previstas, deverá cancelar o pedido e dar outros passos para obter todas as condições necessárias.

Necessidade de averbar as novas medidas:

Não existindo as medidas que quer utilizar no seu automóvel, dirija-se ao representante oficial da marca e solicite uma declaração que certifique que as mesmas estão de acordo com as regras de segurança vertidas nas diretivas 78/549 CEE, de 12 de Junho, e 92/93 CEE, de 31 de Março.

Embora os requisitos possam sofrer pequenas variações em função do fabricante, este, geralmente, solicita ao requerente uma carta de apresentação com os seguintes dados:

• Explicação da modificação que pretende atestar junto da marca

• Morada para o envio da declaração

• Fotocópia do Documento Único Automóvel (DUA)

• Fotocópia do cartão de cidadão do proprietário do veículo

• Comprovativo da transferência bancária para pagamento do serviço (em média cerca de 100€)

Recebida a declaração, deverá dirigir-se a um dos balcões físicos do IMT para formalizar o pedido de homologação de jantes e pneus que pretende. Para este averbamento, necessitará de entregar os seguintes documentos:

• Formulário Modelo 9 IMT

• Declaração emitida pela marca

• Documento de identificação do veículo

• Documento de identificação do requerente

Ser-lhe-á cobrada uma taxa no valor de 30€ para concluir este processo e conseguir o registo das novas dimensões no DUA.

Alternativa ao representante oficial da marca

Existe a possibilidade de a marca não conceder o certificado, normalmente pelo facto de as medidas do pneumático ultrapassarem os limites definidos pela mesma. Neste caso, pode recorrer a empresas especializadas na homologação de pneus, como o Laboratório de Tecnologia Automóvel (LTA) ou a Prova Ímpar (Prova Ímpar), ambas sedeadas no concelho de Braga.

Depois de enviada a informação necessária (semelhante à fornecida ao representante oficial da marca) à prestadora de serviços selecionada, é marcada uma data para a verificação técnica e ensaios em pista que vão testar a compatibilidade e adequabilidade das novas medidas de pneumáticos (custo médio de 160€), tendo como objetivo a segurança.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
.PT promove talento feminino no sector da tecnologia
Marketeer
Primeiro Brand Storytelling da Auchan é português